Sem categoria

Academia de Patinagem de Braga apresenta-se com muita ambição

A Academia de Patinagem de Braga apresentou-se esta tarde com algumas novidades. Teresa Cunha assume a presidência da direção e Cristina Claro é a nova Diretora Técnica do clube, chefiando um grupo de mais cinco técnicos, com o objetivo de levar a APB aos grandes palcos da patinagem nacional.

Teresa Cunha, que aceitou o desafio de assumir a presidência, da Academia de Patinagem de Braga lembrou que “o clube tem cinco anos e que se dedica exclusivamente à Patinagem Artística, o que é uma vantagem para a evolução e desenvolvimento da modalidade”.

“Neste momento, a APB tem cerca de uma centena de atletas entre os cinco e os 25 anos e nestes cinco anos, para além de muitos outros resultados de relevo, conquistamos o título de Campeão Nacional de Show e Precisão, dois Pares Artísticos venceram o Campeonato Nacional e tivemos no último ano dois atletas chamados à Seleção Nacional”.

Quanto a objetivos: “o que pretendemos neste momento é poder continuar a treinar e poder participar nas provas Associativas e da Federação”, depois “queremos continuar a crescer a evoluir. Em cinco anos crescemos imenso, mas não queremos ficar por aqui. Temos ainda muito que fazer e que mostrar. Queremos continuar a evoluir”.

O primeiro grande desafio foi superado: “no regresso aos treinos depois do confinamento apareceram, praticamente, todos os atletas, o que é muito positivo e têm estado a treinar diariamente para aproveitar as férias da escola. Isto é bom, mas é uma responsabilidade, significa que os pais confiam em nós. Felizmente temos o pavilhão que é só para nós e permite-nos trabalhar com mais confiança”.

Quanto à retoma das competições…“vamos estar presentes nos Testes que se realizam já na próxima semana e na seguinte e também estamos a preparar a participação no Open que se realiza em Fafe. Agora é esperar que a pandemia não nos coloque novamente em confiamento”.

A Direção da APBraga é agora composta por Teresa Cunha, presidente, Carla Silva (Vice-Presidente), Elisabete Mendes (Tesoureiro) e Raquel Ribeiro (Suplente).

CRISTINA CLARO ASSUME A COORDENAÇÃO TÉCNICA

Cristina Claro, selecionadora nacional, é a nova Diretora Técnica da Academia de Patinagem de Braga, assumindo com Diogo Silva a equipa de competição.

Para este novo desafio Cristina Claro entra com vontade de trabalhar e ajudar a APB a alcançar grandes êxitos. “Estamos aqui para trabalhar e levar a APB a seguir um caminho. Penso que será um processo fácil porque temos uma equipa diretiva muito empenhada e instalações próprias, o que é muito importante, ainda mais nesta altura de pandemia. Permite-nos fazer a gestão dos atletas e mantê-los a treinar enquanto for possível. Terá de haver adaptações, mas isso é normal”.

Quanto a objetivos, a nova responsável técnica da APB assegurou que “o grande objetivo é dar o nosso melhor e superamo-nos a nós próprios. Não sei o que os outros fazem, nem vamos entrar nessa competição e a patinagem é cada vez mais um desporto em que temos de superar a nós próprios. Queremos colocar todos os atletas que compõe a APB a praticar desporto com gosto, com lealdade, saber estar e um espírito desportivo para obter os melhores resultados desportivos”.

Num ano bastante atípico, Cristina Claro considera que o importante “é cativar os que saíram, melhorar os que estão, dar boas condições aos que vem e fundar uma escola de patinagem. Se calhar não temos o resultado no imediato, mas não o será para nenhum clube. A ideia é que os atletas evoluam e se superam. Quero que eles entrem nas provas a tentar superar-se a si próprios”.

A treinar desde julho, Cristina Claro considera que a evolução tem sido notória: “temos notado melhorias. A nível físico houve uma melhoria muito grande, em termos anímicos estão cheios de vontade de treinar e de competir. Devido à pandemia não sabemos se vai haver competição ou não, mas o que estamos a fazer é a treinar como se houvesse”.

EQUIPA TÉCNICA

A equipa técnica da Academia de Patinagem de Braga é composta por Cristina Claro, que é a Diretora Técnica, e ainda por Diogo Silva, Iara Rocha, Rita Garrido, Carlos Monteiro e Carolina Chaves.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS