CICLISMO

Filipe Silva (Bike House) de olho no Top5

SONY DSC

Filipe Silva, da Bike House DH Team – Guimarães, aspira ficar no Top5 na primeira prova da Taça de Portugal de Downhill (DHI), que se realiza domingo em S. Brás de Alportel.

A prova do Algarve, que se realiza na pista de Arimbo, marca a estreia das competições de Downhill em 2020. Facto que não agrada ao Campeão do Minho em Elites DHI, que considera que o ideal era suspender a época…  

“ERA PREFERÍVEL NÃO HAVER PROVAS ESTE ANO E VOLTAR EM FORÇA PARA O ANO”

“Infelizmente, não estou a encarar a prova muito bem devido à situação que estamos a viver. Depois penso que haver duas ou três provas este ano não é melhor escolha. Na minha opinião era preferível não haver provas este ano e voltar em força para ano. Estar a preparar a logística toda só por causa dessas, tão poucas, provas, que ainda por cima se realizam todas seguidas, não é positivo”, disse Filipe Silva.

O ciclista da Bike House adiantou que “não sinto a ansiedade como nos outros anos”, mas “eu adoro fazer isto, por isso, vou alinhar mesmo com algumas dificuldades”.

“PRETENDO PERCEBER QUAL A EVOLUÇÃO QUE TIVE”

Porque a época tem sido atípica, Filipe Silva não traça grandes objetivos para a primeira prova da Taça de Portugal. “Objetivo, objetivo este ano não tenho. O que eu pretendo é perceber qual a evolução que tive com os meus treinos e com as modificações que fiz na minha bicicleta”, disse o ciclista de Guimarães, que acrescentou que “de qualquer das formas, a ideia passa por estar sempre dentro do Top5”.

Filipe Silva confessa que “a minha preparação não foi a que idealizei para este ano, mas penso que estou em forma para a prova de domingo”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS