CICLISMO

David Vaz, Tânia Lima e Batotas/Ponte Lima dominam em Ponte da Barca

David Vaz, Tânia Lima e o Batotas/Ponte de Lima foram os grandes vencedores em Elites da I Maratona BTT Ponte da Barca, que decorreu no domingo, e marcou o arranque do Campeonato do Minho de BTT XCM – Discover Melgaço.

Pódio de Elites Masculinos

Organizada pela União Ciclista Ponte da Barca, em parceria com a Câmara Municipal de Ponte da Barca, Junta de Freguesia de Ponte da Barca e a Associação de Ciclismo do Minho, a I Maratona BTT Ponte da Barca era aguardada com grande expectativa, pois era a primeira prova do ano e era uma novidade do calendário da Associação de Ciclismo do Minho. Apesar do mau tempo se ter feito sentir, o que aumentava o grau de dificuldade, os ciclistas não se assustaram e marcaram presença massiva em Ponte da Barca. Assim, a I Maratona de BTT de Ponte da Barca juntou mais de 300 atletas que tiveram à sua mercê as opções de Competição, que contou com cerca de 120 ciclistas, e Lazer, com a opção de Maratona, Meia Maratona e EBike.

Em Elites masculinos David Vaz, Campeão do Minho em título, dominou por completo a primeira prova do calendário da ACM, vencendo a I Maratona de Ponte da Barca com um grande à vontade. O ciclista de Viana do Castelo conseguiu logo na primeira volta ao circuito ganhar uma vantagem segura sobre os seus mais diretos perseguidores, controlando a volta final e terminando os 65 quilómetros em 3:17:51h.

José Oliveira, do Bombos S. Sebastião/MonçãoBike foi o segundo a cortar a meta na prova de Elites, gastando mais sete minutos que o vencedor, enquanto José Simões, Tomatubikers / Toyota – Macedo & Macedo, cortou a meta na terceira posição.

David Vaz venceu em Ponte da Barca

DAVID VAZ: “CONSEGUI FAZER A MINHA CORRIDA”

“A prova correu bem”, foi assim que David Vaz começou por abordar a I Maratona BTT Ponte da Barca. O Campeão do Minho em título referiu que “não conhecia o percurso, mas realizou-se em circuito e dei tudo na primeira parte, depois na segunda volta foi controlar. De resto, o percurso estava bem definido, subia bastante e é o que gosto. Consegui fazer a minha corrida e ganhar”.

O ciclista de Viana do Castelo entrou no Campeonato do Minho de BTT XCM – Discover Melgaço, mas saliento que dificilmente vai defender a Camisola de Campeão e explicou: “este ano vou apostar mais no Campeonato Nacional e Taça de Portugal, bem como no Campeonato da Europa. Pretendo ainda fazer algumas provas no estrangeiro, provas mais longas, de mais dias. Não tenho previsto participar em muitas provas do Campeonato do Minho, mas sempre que o fizer vou dar o meu melhor”.

David Vaz tem como objetivo imediato a Maratona de BTT Vila de Melgaço, pontuável para a Taça de Portugal…

“O próximo passo é preparar a 5.ª Maratona de BTT Vila de Melgaço, que conta para a Taça de Portugal e é uma das minhas apostas. Penso que em Melgaço vou estar em melhor forma que agora e poderei fazer melhor. A ideia é ir sempre melhorado. O trabalho está a correr bem e espero continuar assim”.

TOMATUBIKERS DOMINA EM SUB-23

Tomatubikers dominou em Sub-23

Na categoria de Sub-23 a equipa famalicense Tomatubikers / Toyota – Macedo & Macedo esteve em alta e ocupou os quatro primeiros lugares. Assim, José Simões venceu, deixando nos lugares imediatos Nuno Mesquita, António Azevedo e João José Azevedo.

TÂNIA LIMA VENCE EM FEMININOS

Pódio de Elites Feminino

Tânia Lima, do Batotas/Ponte de Lima, foi a grande vencedora da prova Feminina. A ciclista do Batotas/Ponte de Lima fez o percurso em 2:29;07h.

Na segunda posição ficou a sua colega de equipa Leandra Gomes, que gastou mais 1s, enquanto Liliana Lopes, também do Batotas/Ponte de Lima, fez terceiro lugar.

Tània Lima e Leandra Gomes em prova

BATOTAS/PONTE DE LIMA GANHA POR EQUIPAS

Por equipas o Batotas/Ponte de Lima foi o grande vencedor da primeira prova do Campeonato do Minho de BTT XCM – Discover Melgaço.

Batotas/ Ponte de Lima venceu por equipas

Na segunda posição ficou a equipa de Viana do Castelo da SAERTEX Portugal -Edaetech, enquanto os Bombos S. Sebastião/MonçãoBike terminaram na terceira posição e o Tomatubikesr/Toyota – Macedo e Macedo foram quartos classificados.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS