CICLISMO

ACR Roriz no pódio em Escolas no ‘Tesouros do Ave’

A Landeiro/KTM/Matias & Araújo/Frulact alcançou o pódio em Escolas no 6.º BTT XCO Tesouros do Ave, que se realizou no fim de semana no circuito de Cross Country Olímpico de Porto de Ave.

A equipa de Roriz, Barcelos, conquistou o terceiro lugar, tendo participado nas quatro categorias e somado 15 pontos.

A ACR Roriz venceu as categorias de Juvenis, , Infantis e Pupilos/Benjamins.

Em Escolas a vitória sorriu ao Póvoa Cycling Academy /CDC Navais, enquanto a Escola Ciclismo BilaBiker´s foi segunda e o Domarsa/Santa Cruz/Bicicastro foi quarto e o Batotas/Ponte de Lima, que competiu em duas categorias, terminou na sexta posição.

Em termos individuais, o destaque vai para a vitória de Afonso Silva (ACR Roriz) em Juvenis. Na mesma categoria José Gomes foi quarto classificado e Gonçalo Correia sexto.

Edgar Matos (Batotas/Ponte Lima) foi oitavo classificado.

Em femininos, Leonor Lopes foi segunda classificada, atrás de Rafaela Torrão (Póvoa Cycling Academy /CDC Navais).

Samuel Gomes, da ACR Roriz, foi o mais rápido em Infantis. Na segunda posição ficou Tiago Nogueira (Domarsa/Santa Cruz/Bicicastro). Pedro Figueiredo (ACR Roriz) foi sexto e o seu colega de equipa Tiago Carvalho oitavo.

Em femininos Maria Ferreira (Batotas/Ponte de Lima) alcançou a segunda posição e Maria Peixoto (ACR Roriz) terceira. Nos lugares imediatos ficaram Matilde Fernandes, Letícia Rodrigues, Matilde Vale e Daniela Fernandes, todas da equipa da ACR Roriz.

Em Iniciados a vitória sorriu a Tomás Vigário (Domarsa). Gonçalo Gomes (TOCAndar) foi 10.º e Gabriel Cardoso (ACR Roriz) 12.º.

Maria Lisboa (ACR Roriz) foi segunda em femininos, atrás de Beatriz Cigarrosa (EC BilaBiker’s).

A ACR Roriz dominou o pódio em Pupilos/Benjamins com a vitória a sorrir a Afonso Correia, seguido de Francisco Saleiro e Rodrigo Macedo.

Maria Nogueira (Domarsa) venceu no escalão feminino

JOSÉ ARAÚJO: “BALANÇO MUITO POSITIVO”

José Araújo, da AETAD – Eventos Tesouros do Ave, faz um “balanço muito positivo” da sexta edição do XCO Tesouros do Aves e adiantou que “nesta época do ano esperaríamos até ter menos adesão, pois as coisas não andam muito seguras, mas acabou por ter aqui uma boa moldura humana e correu muito bem. Não houve acidentes, o circuito está cada vez melhor e o feedback dos ciclistas deixam-nos satisfeitos”.

José Araújo acredita que esta prova é para continuar”, mas salienta que “é preciso um pouco mais de apoios porque há muito pouco apoio para estes eventos. Esperamos que com a ajuda da Câmara Municipal e das Juntas de Freguesias possamos dar continuidade a esta prova, que já é a sexta edição do Campeonato Minho, sétima prova com o Campeonato Nacional. É uma pena deixar terminar isso”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS

Quer promover o seu evento?
Contacte-nos...