CICLISMO

Luís Teixeira, o primeiro vencedor e o recordista de vitórias no GP Minho: “para mim é um orgulho estar como comissário presidente”

“Para mim é um grande orgulho estar como comissário presidente no GP Minho”, foi assim que Luís Teixeira, comissário da Associação de Ciclismo do Minho, começou por abordar a 33.ª edição do Grande Prémio do Minho, uma das mais emblemáticas e importantes provas do calendário nacional de Juniores.

O GP Minho arranca esta sexta-feira e decorre até domingo, tendo como palcos das partidas e chegadas Azurém, Oliveira Santa Maria e Viana do Castelo. O pelotão, composto por 162 ciclistas em representação de 27 equipas, tem pela frente 303,2 km, sete metas volante, seis prémios de montanha.

“O GP MINHO É A MENINA DOS MEUS OLHOS”

Luís Teixeira, vencedor da primeira edição e recordista de vitórias do GP Minho, então destinada a Profissionais, mostra-se “muito feliz e orgulhoso” por estar como comissário presidente, até porque “este vai ser o meu último Grande Prémio do Minho como comissário. É um grande orgulho para mim” e confessa que “o GP Minho é a menina dos meus olhos, sempre adorei esta prova. Adorei corrê-la, geri-la, organizá-la… porque durante muito tempo fui eu que fiz os percursos, que a organizei. Para mim é sempre um prazer marcar presença no GP Minho”.

VENCEDOR DA PRIMEIRA EDIÇÃO DO GP MINHO

Luís Teixeira, então a envergar as cores da Coelima, foi o vencedor da primeira edição do GP Minho, que foi para a estrada em 1977, e é o recordista absoluto de vitórias na prova. O comissário de Guimarães referiu que “tenho grande e bonitas recordações do GP Minho como ciclista. A minha primeira vitória foi extraordinária. Estive na liderança do primeiro ao último dia.  É uma lembrança que recordarei para a vida”. Mas há mais: “numa edição venci todas as classificações. E até hoje sou o recordista de vitórias no GP Minho, algo que ficará para sempre porque, entretanto, passou de Profissionais para Juniores”.

O que pensa desta edição do GP Minho? “Gostaria que o GP Minho fosse como antigamente, que percorresse vários concelhos e entrava nos dois distritos (Braga e Viana do Castelo) numa mesma etapa. Compreendo a grande dificuldade em organizar um evento assim, a todos os níveis. Não é fácil arranjar sponsors e patrocinadores para levar o GP Minho a vários concelhos e organizar uma prova de Juniores acarreta uma despesa e logística enormes. Dentro do que temos acredito que vamos ter um GP Minho”.

O facto de arrancar de Guimarães torna esta despedida do GP Minho ainda mais especial? “É um orgulho enorme que comece em Guimarães. Também é com satisfação que vejo termina em Viana do Castelo, a Cidade Europeia do Desporto 2023”.

“DEEM SEMPRE O SEU MELHOR QUANDO FOREM PARA A ESTRADA”

Que conselho deixa para os ciclistas que amanhã vão para a estrada neste GP Minho?

“Desde o início que estou no Ciclismo, quer como dirigente, comissário, conselheiro, que diga aos atletas, principalmente, aos mais jovens que deem sempre o seu melhor quando forem para a estrada. Só assim conseguem mostrar que estão lá para defender a camisola que envergam, o seu clube e a sua equipa”, disse Luís Teixeira, que adiantou: “preocupem-se em fazer desporto, dar o seu melhor e se o seu melhor der para vencer ótimo, se não der, que continuem a lutar e quem sabe na próxima corrida será a sua vez”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS

Quer promover o seu evento?
Contacte-nos...