NATAÇÃO

SC Braga imparável nos ‘Regionais’ da AN Minho

O SC Braga está imparável nos Campeonatos Regionais de Infantis, Juvenis, Juniores e Seniores da Associação de Natação do Minho, que decorrem na Piscina Municipal de Ponte da Barca.

A equipa bracarense soma já 82 títulos de Campeão Regional e um total de 142 medalhas. De destacar, após dois dias de provas, as prestações de José Paulo Lopes, que soma sete títulos (cinco individuais) de Campeão Regional, ele que está a competir em provas que não são as habituais (50m, 100m e 200m Costas, 100m Mariposa e 200m Livres).

Em grande plano esteve também Daniel Tavares, com seis títulos, e ainda Arseniy Vedkal, Maria Neves, Miguel Oliveira e Valeria Koslova, todos com cinco títulos conquistados.

VIANA NC SEGUNDO

O Viana NC ocupa a segunda posição na Estatística de Medalhas, com 19 títulos e um total de 48 medalhas. Daniela Ligeiro é a nadadora com mais títulos, cinco no total, enquanto Eduardo Saragoça soma quatro títulos e um terceiro lugar.

A ED Viana é terceira classificada, com 16 títulos conquistados e um total de 37 medalhas. Filipe Laranjo soma já quatro títulos de Campeão Regional, enquanto Inês Amorim e Beatriz Pereira soma três cada.

O SC Caminhense consolidou o quarto lugar, somando agora 11 títulos e 23 medalhas. Matilde Magalhães, com cinco títulos, e Pedro Dias, com quatro, são os atletas mais medalhados.

AMIGOS MONTANHA CONQUISTAM CINCO TÍTULOS

O Amigos da Montanha teve hoje um dia em grande e conquistou cinco títulos de Campeão Regional. Diana Freitas, com dois títulos, João Bento, Diana Rodrigues e Carla Marques foram os vencedores dos títulos da equipa de Barcelos, que soma um total de 19 medalhas.

A ED Limiana soma também cinco títulos e um total de 13 medalhas, enquanto a AD Ponte Barca leva cinco medalhas conquistadas, sendo três de ouro e duas de prata.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS

Quer promover o seu evento?
Contacte-nos...