BASQUETEBOL

Eduardo Forte Ribeiro (Vitória SC): “numa meia-final só pode haver um pensamento… ganhar”

“Numa meia-final, ainda por cima decidida num jogo, só pode haver um pensamento… ganhar”, foi assim que Eduardo Forte Ribeiro, treinador do Vitória SC, abordou a meia-final da Taça Nacional de Seniores femininos de Basquetebol.

Ditou o sorteio que o Vitória SC defronte o GD Bolacesto, vencedor da Zona Norte C, num jogo a realizar em Vila Nova de Gaia, em princípio dia 14 de maio.

O treinador do Vitória SC considera que “esta é mais uma oportunidade que temos para continuar a competir e, claro, que queremos ganhar para podermos disputar mais jogos e porque merecemos” e adiantou que “chegar aqui mostra que o trabalho que temos vindo a fazer está a ser bem feito”.

“A equipa teve um enorme crescimento ao longo da época e isso permite-nos chegar a esta fase e continuar na Taça Nacional e já que estamos nas meias-finais vamos lutar para chegar à final”.

Eduardo Forte Ribeiro mostra-se “muito orgulhoso” pelo caminho que a equipa tem conseguido fazer… “O crescimento desta equipa é notório, fomos dando passos em frente, de forma constante, lutamos arduamente por cada oportunidade e, felizmente, os frutos têm aparecido”.

Não foi uma época fácil? “O início náo foi dada fácil, como todas as coisas que começam do zero. A primeira fase do Campeonato Nacional deixou-nos um gostinho amargo, pagamos caro a nossa inexperiência”, disse Eduardo Forte Ribeiro, que adiantou que “fizemos sempre bons jogos e estivemos na disputada dos resultados. Perdemos três jogos por uma diferença de dois pontos… e isso foi decisivo”.

“Saímos dessa fase com um crescimento como equipa tremendo e os frutos aparecerem nesta fase, fomos mais competitivos e conseguimos vencer a nossa série”.

Qual o próximo passo? “Chegar à final Zonal da Taça Nacional. É isso que queremos agora. Sabemos o que temos de fazer para lá chegar e vamos trabalhar para estarmos no nosso melhor porque, também, sabemos que do outro lado está uma equipa forte, que não perdeu qualquer jogo na sua série e que terá as suas ambições”, referiu Eduardo Forte Ribeiro.

Afirmando que “queremos chegar ao próximo jogo (final Zonal)”, o treinador do Vitória SC explicou que “nós queremos sempre mais e não faz sentido não queremos chegar ainda mais longe”.

Como as sentiu depois da equipa garantir a presença nessa fase da Taça Nacional? “Muito satisfeitas. Tem sido um prémio para elas. Trabalham muito, tentam ao máximo atingir as exigências que lhes temos posto. Estamos a falar de miúdas que nunca tinham competido a este nível. O ano passado estivemos na CNB2, mas com outros objetivos e outro projeto”.

“Por isso, esta nesta fase é um prémio muito grande pelo esforço, pela dedicação e entrega que deram e continuam a dar para cada vez alcançar o melhor resultado possível”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS

Quer promover o seu evento?
Contacte-nos...