CICLISMO

Bruno Lopes (ACR Roriz) e Daniel Moreira (Tensai) no top10 na última etapa na Volta a Loulé

Bruno Lopes, da Landeiro/KTM/Matias & Araújo/Frulact, e Daniel Moreira, da Tensai/Sambiental/Santa Marta, fizeram top10 na quarta e última etapa da 28.ª Volta ao Concelho de Loulé, que teve como vencedor José Moreira (Silva&vinha/ADRAP/Sentir Penafiel).

Bruno Lopes cortou a meta a quinta posição a 1.17m do vencedor, resultado que lhe permitiu ascendeu ao 28.º lugar da Geral Individual da Volta ao Concelho de Loulé.

Daniel Moreira concluiu a etapa na sexta posição, com o mesmo tempo de Bruno Lopes e termina a Volta a Loulé na 26.ª posição da Geral, sendo o 10.º melhor Júnior de primeiro ano.

Daniel Moreira foi ainda segundo na Classificação Geral por Pontos, com 29 pontos, e 12.º na Geral de Montanha.

João Martins, barcelense da União Ciclismo da Trofa, alcançou a 15.º posição e Gabriel Baptista (ACR Roriz) foi 20.º. O ciclista da SCR Roriz termina a Volta ao Concelho de Loulé na nona posição, sendo o melhor minhoto em competição e o quarto português.

Leonardo Neves (CC Barcelos/AFF/Flynx/H.M. Motor/Segmento D´Época) fez o 31.º lugar, Gonçalo Amaral, famalicense do Bairrada foi 47.º e Luís Moreira (CCB) foi 53.º.

Sérgio Batista, Rafael Sousa, João Machado, Rúben Benedito e Rodrigo Neves ficaram no top85.

Por equipas a ACR Roriz concluiu a etapa no 12.º lugar, a UC Trofa 13.º, o CC Barcelos foi 16.º e Tensai 19.º.

Na Classificação Geral por equipas, Landeiro/KTM/Matias & Araújo/Frulact termina a 28.º Volta ao Concelho de Loulé no sétimo posto, o CC Barcelos/AFF/Flynx/H.M. Motor/Segmento D´Época em 16.º e a Tensai/Sambiental/Santa Marta em 18.º.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS

Quer promover o seu evento?
Contacte-nos...