CICLISMO

Alberto Amaral segundo no Granfondo Eurobec

Alberto Amaral, a defender as cores da Brinox Cycling Team, conquistou o segundo lugar em Master C no Granfondo Eurobec, prova que decorreu domingo em Badajoz, Espanha.

O ciclista dos Arcos de Valdevez fez a prova em 3:38.05 horas, terminado na segunda posição em Master C, ficando a centésimas de Hugo Pereira (CACB).

O ciclista, Campeão Nacional de Fundo e Contrarrelógio, fez o 20.º tempo à geral, numa corrida marcada pelas condições climatéricas adversas.

Alberto Amaral faz um balanço “positivo” da prova e salientou que “com a chuva e o frio a prova foi muito dura e perigosa. O lugar que fiz acabou por ser bom”.

O ciclista arcuense refere que “cheguei no primeiro grupo, mas devido às condições climatéricas não arrisquei no sprint”.

Alberto Amaral, que está ligado à União Ciclista de Melgaço e Ponte da Barca, abraçou o projeto da Brinox de ter mais competição… “O apoio da Brinox Cycling Team é muito importante para eu poder competir mais, só espero conseguir muitos pódios ou ajudar os meus colegas o melhor possível para que seja cada ver mais uma equipa de referência nos granfondos”.

O ciclista dos Arcos de Valdevez salienta que “vou continuar na UCMPB em todas as provas federadas nacionais e internacionais e no granfondo Monção e Melgaço. Vou correr pela Brinox Cycling Team todas as provas de granfondo desde que as datas não coincidam com as provas federadas da União Ciclista de Melgaço e Ponte da Barca”.

BRINOX CONQUISTA QUATRO PÓDIOS EM ESPANHA

A Brinox Cycling Team esteve em grande destaque no Granfondo Eurobec. A equipa de Barcelos viu Liliana Silva vencer à classificação feminina e Alberto Amaral ser segundo em Master C.

Também no Mediofondo a Brinox conquistou dois pódios: Marlene Seara foi primeiro em Master B e Rúben Machado terceiro em Elites.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS

Quer promover o seu evento?
Contacte-nos...