CICLISMO

Joni Gomes mantém-se no Bombos S. Sebastião: “não me vejo a correr em mais lado nenhum”

Joni Gomes vai continuar a defender as cores do MonçãoBike/LusoPrint/Bombos S. Sebastião em 2023.

O ciclista de Viana do Castelo está no projeto, praticamente, desde o início e garante que “não me vejo a correr em mais lado nenhum”.

Joni Gomes salienta que “continuo neste projeto que, praticamente, vi nascer. Nunca nos passou pela cabeça que íamos chegar tão rápido a este patamar, mas a verdade é que com o trabalho árduo de algumas pessoas lá conseguimos”.

“Quanto a mim continuo junto da equipa, criei bons laços de amizade e é aqui que me sinto bem. Aqui tenho bons amigos, boa companhia, bons treinos e diversão”.

Objetivos para a nova época? “A nível coletivo o objetivo passa sempre por sermos Campeões por equipas em Elites e em Master. Este ano fomos Vice-Campeões em Elites a nível nacional e isso leva-nos a pensar que podemos atingir o lugar mais alto. Sabemos que as outras equipas se reforçaram bem para 2023 e que vai ser mais um ano bem competitivo. Os meus colegas estão preparados para a luta”, afirmou o ciclista do Bombos S. Sebastião, que adiantou que “a nível pessoal o objetivo passa pela evolução dos atletas, tenho um prazer enorme em treinar com os meus colegas da zona de Viana e gosto de ver a sua evolução. Como sempre procurarei alguns pódios nas provas em que participar, tento fazer sempre o melhor para honrar a camisola que visto”.

Joni Gomes participou com a equipa na Clássica anual até Santiago de Compostela… “Foi um passeio que correu muito bem e sem incidentes. Aliar o espírito peregrino a um passeio com os nossos amigos e equipa é o melhor que se pode pedir. Todos os anos fazemos esta clássica e a época em que estamos ajuda a integrar os novos atletas. É um convívio que todos os anos queremos repetir”.

O Bombos S. Sebastião assegurou ainda a continuidade de Tiago Moreira, Tiago Amoedo, Joaquim Sá, Rui Souto, Pedro Silva, o Campeão José Oliveira, Jorge Sousa, Sílvio Cardoso e o jovem Rui Rêgo.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS

Quer promover o seu evento?
Contacte-nos...