Sem categoria

Rui Pedro Palma segundo na Copa Dunlop Motoval

Rui Pedro Palma, piloto de Viana do Castelo que representa o Clube Motorizado do Troço/ Motogalos, alcançou a segunda posição na Classe 2 da Copa Dunlop Motoval, prova inserida no Campeonato Nacional de Velocidade.

O piloto vianense, que chegou a andar na liderança da Copa, marcou presença no Autódromo Internacional do Algarve para disputar a última etapa do CNV e apesar de vários problemas mecânicos fez segundo lugar na prova de sábado e quinto no domingo, terminando a Copa Dunlop Motoval na segunda posição.

Rui Pedro Palma confessa que não saiu satisfeito do Algarve… “a prestação foi muito condicionada por problemas na moto. Problemas técnicos e elétricos da moto que durante toda a época nunca se manifestaram”, mas que “limitaram e muito as corridas desta etapa”.

O piloto vianense adiantou que “no sábado quando estava a disputar os lugares da frente os problemas agravaram e não consegui fazer melhor do que o segundo lugar. No domingo foi uma autêntica tortura. Cheguei mesmo a pensar em retirar-me da prova, pois já estava a ser uma situação bastante perigosa tanto para mim como para os adversários”.

Quanto ao balanço da época, Rui Pedro Palma refere que “pela juventude deste projeto com esta moto posso dizer que fizemos uma época acima da expectativa”.

“A surpresa foi mesmo ter acontecido o inverso do que é normal, ou seja, nós iniciamos muito bem o campeonato, mas a do meio da época até agora tivemos imensas dificuldades em melhorar enquanto a concorrência melhorou muito. Para nós, sem dados, treinos e falta de experiência na moto, foi mais complicado evoluir”.

Rui Pedro Palma e toda da por encerrada a época 2022: “este ano a nível de circuitos grandes terminamos por aqui, mas já estamos a preparar a próxima. Temos de treinar muito mais e adquirir dados para tentarmos estar sempre na luta por pódios e vitórias”.

Muito trabalho pela frente? “Muito mesmo… o nível está altíssimo para uma Copa de iniciação. Estamos a rodar em tempos que há alguns anos daria para ganhar corridas nas SBK”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS

Quer promover o seu evento?
Contacte-nos...