HÓQUEI EM PATINS

Limianos vence em Valença e assume liderança

A AD ‘Os Limianos’ bateu, fora de portas, o Valença HC, por 2-3, naquele que era o jogo grande da nona jornada do Campeonato Nacional da III Divisão e isolou-se no comando da Zona Norte A.

O jogo começou equilibrado, com as duas equipas a ‘estudarem-se’ mutuamente. Ao intervalo registava-se um empate a um golo. No segundo tempo, o Valença HC adiantou-se com um golo de Ricardo Maciel, mas o Limianos não baixou os braços e Rui Silva, com dois golos, deu a volta ao resultado.

JOÃO PEDRO (LIMIANOS): “VITÓRIA IMPORTANTE E FRUTO DO TRABALHO DA EQUIPA”

João Pedro, treinador da AD ‘Os Limianos’ considerou que “esta é uma vitória importante” e fruto “do trabalho e resiliência dos atletas”.

O treinador do Limianos referiu que “esta vitória e consequente liderança do campeonato são mérito do grupo de trabalho, de todo o empenho e entrega que eles põem em campo e nos treinos”.

“Este é, sem dúvida, um resultado importante para nós, em todos os sentidos. É uma vitória obtida fora de portas e frente a um candidato à subida. É um resultado que vai trazer uma dose extra de motivação a este grupo, que tem jogadores muitos jovens e atletas que sentem muito o clube”.

João Pedro considera que “este campeonato vai ser longo e muito difícil. A Zona Norte A é composta por equipas muito competitivas e ambiciosas. Mesmo as equipas B têm mostrado muito valor e querer e não haverá jogos fáceis, portanto, ganhar fora de portas será muito importante”.

“ESPÍRITO DE SACRÍFICO DA EQUIPA”

Quais foram as ‘armas’ do Limianos para levar de vencido o Valença HC? “Essencialmente, o espírito de sacrifício da equipa. O Limianos esteve muito bem como equipa, num jogo em que as duas equipas se respeitaram e lutaram pelo resultado. Fomos mais felizes e conseguimos trazer a vitória”.

João Pedro regressou ao Limianos e à tarefa de treinador no ano passado, depois de algum tempo de paragem. “Regressei o ano passado ao Limianos, que é um clube que me diz muito. O projeto passou por reorganizar o clube, apostamos, essencialmente em jovens, alguns formados no Limianos, outros em clubes da zona.  Não foi uma época fácil” e adiantou: “este ano fomos buscar dois ou três jogadores referenciados, jogadores que já tinham passado pelo clube, que o sentem e são respeitados aqui”.

“O plantel é composto por um misto de jogadores com experiência e outros bastante jovens. Alguns fazem parte da equipa de Sub-23, que formamos para da mais competição aos miúdos”, referiu João Pedro.

CHAMAR AS PESSOAS AO PAVILHÃO

Para o treinador do conjunto de Ponte de Lima o grande objetivo “é puxar as pessoas ao pavilhão, é levar o clube ao patamar em que já esteve e não em refiro, concretamente, a um escalão específico. Claro que gostávamos de subir de divisão, mas essa não é a nossa principal aposta. O que queremos é fazer crescer o clube, ultrapassar a crise que o clube está a passar e voltar a colocar Ponte de Lima no centro do Hóquei em Patins”.

João Pedro considera “muito motivador” estar na liderança do campeonato, mas refere que “o importante é estarmos nas decisões, estarmos na luta pelas vitórias jogo a jogo. Sabemos que hoje estamos em primeiro, amanhã podemos estar em segundo ou terceiro, mas temos de estar na luta, temos de conseguir fazer mais e melhor amanhã, do que fizemos hoje. Só assim é que conseguimos evoluir”.

RESULTADOS

ED Viana – CARTaipense, 3-6

ADJ Vila Praia – GC Penafiel, 2-11

Valença HC – AD ‘Os Limianos’, 2-3

Riba d’Ave B – Óquei Barcelos B, 2-4

Lavra – Famalicense B, 5-1

HC Fão – Fânzeres, dia 1/12

HC Maia – HC Marco, dia 1/12

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS

Quer promover o seu evento?
Contacte-nos...