CICLISMO

Rafael Barbas da ACR Roriz para a Tavfer

Rafael Barbas, ciclista que nos últimos dois anos esteve ao serviço da ACR Roriz, vai reforçar a Tavfer/Mortágua/Ovos Matinados em 2023.

O ciclista da zona da Guarda, que este ano se estreou na Seleção Nacional, diz-se “muito entusiasmado” com o novo projeto…

“ Sair da categoria de Júnior e conseguir dar o salto para profissional é algo que me motiva imenso. Ainda é tudo muito novo, mas acredito que este é o caminho certo e só tenho a agradecer à Tavfer – Mortágua – Ovos Matinados pela oportunidade”.

“A ACR RORIZ TEVE UM GRANDE PAPEL NISSO, POR ME TER ABERTO AS PORTAS…”

Como surgiu a oportunidade? “A equipa de Roriz teve um grande papel nisso, por me ter aberto as portas e pelos dois anos espetaculares que tive”, disse Rafael Barbas, que adiantou que “por parte da nova equipa, foram os próprios responsáveis da Tavfer que falaram comigo, e desde o primeiro momento, tanto o Gustavo como o Xavier, foram impecáveis, o que me cativou bastante e me deixou super entusiasmado para encarar de forma positiva esta nova etapa. Só lhes tenho a agradecer imenso”.

Rafael Barbas confessa que a sua primeira reação, quando foi contacto, que “foi de grande entusiasmo… normal de um jovem que aos 18 anos consegue dar o salto para o pelotão nacional”.

“DESFRUTAR, APRENDER E CRESCER COMO ATLETA E PESSOA”

Quanto a objetivos, o ciclista que envergou as cores da ACR Roriz e ficou muito próximo do top10 na Volta a Portugal de Juniores, garante que “acima de tudo quero desfrutar, aprender e crescer como atleta e pessoa” e adiantou que “acredito que vai ser um ano de grande evolução e de novas experiências, das quais pretendo retirar lições e ensinamentos. Ajudar os meus colegas em tudo o que puder será uma outra meta, mas uma coisa de cada vez…”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS

Quer promover o seu evento?
Contacte-nos...