CANOAGEM

José Ramalho e Fernando Pimenta fecham com ‘chave de ouro’ Mundiais de Maratonas

José Ramalho (CN Prado) e Fernando Pimenta (Benfica) fecharam com ‘chave de ouro’ o Campeonato do Mundo de Maratonas, que se realizou esta semana em Ponte de Lima.

Os dois atletas, multimedalhados nas suas vertentes, juntaram-se e fizeram equipa em K2 Sénior superiorizando-se a toda a concorrência. José Ramalho e Fernando Pimenta fizeram a prova em 1:58:04, deixando a embarcação espanhola a seis segundos e os noruegueses gastaram mais 11 minutos.

Miguel Rodrigues e Alfredo Faria, do Gemeses, terminam a prova no top10, com o tempo de 2:00:42.

Na prova feminina, Maria Gomes (CN Prado) e Andreia Azevedo (Gemeses) fizeram o 11.º lugar, com o tempo de 2:05:23.

 

RICARDO COELHO E NUNO BARROS QUINTOS EM C2

 

Ricardo Coelho e Nuno Barros, do CN Ponte Lima, alcançaram o top5 em C2 Sénior, prova que teve como vencedora a embarcação espanhola.

A dupla de Ponte de Lima realizou o tempo de 2:08:28 e chegou à meta na quinta posição. Já a embarcação composta por Sérgio Maciel, do Viana GC, e Gilberto Cruz terminou na sexta posição.

Hoje estiveram ainda em ação Francisco Santos e Fernando Costa. Os canoístas do CN Ponte de Lima alcançaram o sexto lugar em K2 Júnior.

A Seleção Nacional termina assim o Campeonato do Mundo de Maratonas com sete medalhas. Fernando Pimenta conquista o título de Campeão do Mundo em K2 Sénior e Short Race, enquanto José Ramalho, que subiu ao primeiro lugar do pódio em K2, conquistou a medalha de prata em K1 Sénior.

Beatriz Fernandes é Campeã do Mundo de Juniores e Bronze na Short Race Sénior.

Ana Pereira, do CN Ponte de Lima, e Joel Miranda, do Gemeses, conquistaram a medalha de bronze nas provas de C1 Júnior.

Para além das medalhas, Portugal obteve outros resultados de grande destaque quer em Canoas, quer em Kayaks, mostrando-se assim uma grande potência nas Maratonas.

Em grande plano esteve ainda Beatriz Caldas, que foi presenteada com o Prémio Jorn Cronberg, devido ao seus gesto de fair play e solidário para com uma atleta que se encontrava em dificuldades durante a prova.

 

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS

Quer promover o seu evento?
Contacte-nos...