CICLISMO

Ivan Sá (Bombos S. Sebastião) vence em Paredes de Coura

Ivan Sá (MonçãoBike/LusoPrint/Bombos S. Sebastião) foi o grande vencedor do 9.º BTT XCO Paredes de Coura, que se realizou domingo no Centro Cyclin´ Portugal Paredes de Coura, em Vascões.

O ciclista vianense, que regressou à competição este fim de semana depois de uma lesão o ter afastado das primeiras provas da época, desde cedo que se colocou no grupo da frente, tendo cortado a meta ao fim de 1:26:11h, deixando o seu mais direto perseguidor em Elites, Tiago Alves (AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde) a um minuto de distância. Rui Ferreira (AXPO) foi terceiro.

João José Azevedo, ciclista de Famalicão que alinha na AXPO, cortou a meta na quarta posição, enquanto João Pereira (Individual) foi quinto e Nélson Sá (SAERTEX Portugal/Edaetech) cortou a meta na sexta posição. Rui Ferreira (UCVNF-CC Avidos fez sétimo lugar e César Oliveira (SAERTEX) foi oitavo.

IVAN SÁ: “NUNCA PENSEI QUE FOSSE VENCER…”

Ivan Sá saiu de Paredes de Coura bastante satisfeito com o resultado obtido: “nunca pensei que fosse vencer, não sabia como estava o meu andamento em competição, pois estive ausente de provas, devido a uma lesão no joelho. Decidi participar nesta prova de XCO para perceber como estava”.

Sobre a prova lembra que “a meio da primeira volta criamos um grupo de quatro atletas que se destacou. Eu seguia em quarto, mas na segunda volta fui para terceiro e na terceira volta já em segundo. A meio da quarta volta passei para a frente e assumi a liderança da corrida até ao final, sempre a dar vantagem ao segundo classificado”.

Foi um bom regresso à competição? “Foi um excelente regresso. É uma vitória que me dá uma motivação extra para não baixar a cabeça… Uma paragem logo no início da época não é fácil de encarar…”.

Sobre a Pista de XCO do Centro Cyclin´ Paredes de Coura, Ivan Sá afirmou que “é muito rápida e divertida, está bem construída e tem espaço para evolução, Penso que poderia ter mais obstáculos e mais zonas técnicas”.

Quanto a objetivos para a época, o ciclista do Bombos S. Sebastião referiu que “apesar de estar muito longe de fazer pódio nas Maratonas, a minha preparação é feita para o XCM, por isso, agora quero perceber como estou a andar nessa vertente já na próxima Taça de Portugal em Alte para tentar depois melhorar a minha posição do ano passado no Campeonato Nacional”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS