CICLISMO

Samuel Guerra (ACR Roriz) presente no Prémio de Golães “vai ser uma corrida especial”

Samuel Guerra, ciclista da zona de Celorico de Basto que alinha na Landeiro/KTM/Matias&Araújo/Frulact, estreia-se este sábado a correr no Prémio Ciclismo Freguesia de Golães – Troféu José Martins, prova pontuável para o Campeonato do Minho e para a fase de apuramento Inter-Regional do Norte da Taça de Portugal de Cadetes.

O ciclista minhoto, que se estreia como federado este ano, considera que “esta é uma corrida especial, pois é perto de casa” e passa por estradas “que conheço, relativamente, bem”.

“TENTAR OBTER A MELHOR CLASSIFICAÇÃO POSSÍVEL”

Samuel Guerra parte para a prova de Fafe com o objetivo de “tentar obter a melhor classificação possível… claro que ganhar era a melhor hipótese, mas vamos ver como corre a corrida”.

Sobre o percurso refere que “conta com muitas subidas, mas nada de complicado. O importante é estar focado e colocar-me bem no pelotão”.

Samuel Guerra mostra-se motivado e confiante para o seu ano de estreia como ciclista Federado e lembra que “já pratica ciclismo há algum tempo, mas nada muito a sério. Depois foi-me colocada a hipótese de fazer parte de uma equipa e eu disse que sim” e adiantou que “estou a gostar imenso da experiência”.

“QUEROGANHAR EXPERIÊNCIA E, ACIMA DE TUDO, DIVERTIR-ME”

Quanto a objetivos para este primeiro ano como ciclista federado, Samuel Guerra afirmou que “quero ganhar experiência e, acima de tudo, divertir-me. Se além disso conseguir mais alguma coisa, melhor. Tudo o que vier será sempre bem-vindo e uma motivação extra”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS