CICLISMO

Gonçalo Amaral (UCT) motivado para estreia no Campeonato Nacional de Pista

Gonçalo Amaral, ciclista de Famalicão que alinha na União Ciclistmo da Trofa, parte motivado para o Campeonato Nacional de Pista, que decorre este fim de semana no Velódromo Nacional, em Sangalhos, na Anadia.

Em competição vão estar cerca de 180 ciclista em representação de 51 equipas que vão disputar os títulos de Campeão Nacional de Pista em todas as categorias, desde os Juvenis, passando pelos Cadetes e Juniores – os escalões de Formação -, assim como em Elites, Veteranos e aos Paraciclistas, nas disciplinas olímpicas de Omnium e Madison, mas também nas provas de Scratch, Eliminação, Corrida por Pontos, Perseguição Individual e 500 metros Contrarrelógio, masculinos e femininos.

Gonçalo Amaral, que na primeira prova da Taça de Portugal fez Top5 em Scratch e na Corrida por Pontos, mostra-se confiante e otimista para a sua estreia no Campeonato Nacional de Pista, apesar de ainda estar a recuperar de uma queda sofrida nos treinos durante a semana…

“Este fim de semana vou correr o Scratch e a Corrida por Pontos e espero poder estar na disputa das provas”, disse o jovem de Famalicão, que salienta quero dignificar ao máximo as cores da equipa!”.

“EVOLUIR NA MODALIDADE”

Gonçalo Amaral está no Ciclismo há menos de um ano e a estreia na Pista deu-se no final da época passada… “o meu primeiro contacto com a Pista foi no Troféu internacional Sunlive… no início ainda tinha um bocado de receio, mas já me adaptei e até já consegui obtive alguns resultados satisfatórios na primeira prova da Taça de Portugal e também no Troféu Internacional Município da Anadia, em que fui o segundo melhor português na Corrida por Pontos”.

Gonçalo Amaral estreou-se no Ciclismo federado em maio de 2021 como Cadete da UC Trofa e conseguiu resultados interessantes, ao ponto de ser cobiçado por vários clubes.

Com 16 anos e uma vontade enorme “em evoluir na modalidade”, Gonçalo Amaral lembra como entrou para o Ciclismo: “sempre gostei de pedalar e a vontade de entrar numa equipa de Ciclismo já tinha surgido há mais de um ano. Felizmente surgiu a oportunidade de me juntar à UCT e consegui evoluir muito com a ajuda e apoio de todos”.

ARMADA MINHOTA NA PISTA

O Campeonato Nacional de Pista conta com uma verdadeira ‘armada minhota’, que abrange todos os escalões.

Os nomes mais sonantes são de João Matias, barcelense da Tavfer – Mortágua – Ovos Matinados, ele que enverga a Camisola de Campeão Nacional de Perseguição Individual e da Corrida por Pontos, e Iúri Leitão (Caja Rural), Campeão Nacional de Scratch, Omnium e Madison.

Em Elites vão alinha ainda Guillaume Couto (Vitrolles Vélo Club Bmx) e os recém-chegados a Sub-23, os barcelenses Sérgio Saleiro e Diogo Saleiro (ACDC Trofa).

Em Juniores, para além de Gonçalo Amaral de realçar a participação de Rúben Rodrigues, vimaranense do Bairrada, assim como Leonardo Neves, Rodrigo Neves e André Ribeiro (CC Barcelos). A ACR Roriz faz-se representar por Gabriel Baptista, João Cunha, Rui Carneiro, Rafael Barbas.

CC Barcelos alinha em Cadetes com Paulo Bogo, Hugo Leite e Sérgio Silva, enquanto a ACR Roriz leva Diogo Miranda, Paulo Fernandes, Gonçalo Rodrigues e Rodrigo Rodrigues.

Em Juvenis vão alinha Rui Sabino, ciclista de Famalicão da UC Trofa, Francisco Cardoso, João Silva e Leandro Martins (CC Barcelos), Afonso Silva, Dinis Carreiras, Tiago Marques e Rodrigo Fernandes (ACR Roriz).

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS