NATAÇÃO

Seleção da AN Minho no top3 no Vale do Tejo

A Seleção da Associação de Natação do Minho ocupa, no final da primeira sessão, o terceiro lugar na XXIX da Taça Vale do Tejo, decorre este sábado em Abrantes.

A formação comandada por José Couteiro é terceira na Classificação Absoluta com um total de 160 pontos.

Na Classificação de Infantis a AN Minho é terceira com 92 pontos e ocupa o sexto lugar na Classificação de Juvenis, com 68 pontos.

Na Estatísticas de Medalhas a AN Minho é terceira tanto em Infantis, com cinco medalhas conquistadas, uma delas de ouro, como em Juvenis, em que soma duas medalhas, sendo uma de ouro.

Em termos individuais, o destaque vai para os bracarenses Leonor Gonçalves, que venceu a prova dos 400m Livres em Infantis e para Mark Zhukov, que ganhou a prova dos 200m Estilos.

Em Infantis de salientar ainda os segundos lugares conquistados por Beatriz Pereira (100m Costas), Maria Pinto (50m Livres) e a estafeta feminina dos 4x100m Livres em Infantis.

Na terceira posição ficou a estafeta masculina dos 4×100 Livres Juvenis e Miguel Oliveira na prova dos 200m Estilos.

ANNP LIDERA CLASSIFICAÇÃO

A Associação Natação Norte de Portugal lidera a Taça Vale do Tejo. A formação nortenha soma 225 pontos na Classificação Absoluta e soma já 15 medalhas conquistadas (sete em Infantis e oito em Juvenis), sendo 10 de ouro.

Entre os medalhados, de realçar a vitória do famalicense Rodrigo Pereira na prova dos 100m Livres e 100m Mariposa. Mafalda Mesquita ganhou os 100m Costas e fez parte da equipa que venceu e bateu o recorde nacional na estafeta de 4x100m Livres em Juvenis.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS