BASQUETEBOL

Vitória SC na luta pelo título distrital

O Vitória SC parte ambicioso para a Final Four do Campeonato Distrital de Sub-16 femininos da Associação de Basquetebol de Braga.

A equipa orientada por Cajó quer fazer uma ‘gracinha’ na Póvoa de Lanhoso e garante que “vamos dar trabalho, vamos tentar ganhar os jogos, mas se não o conseguirmos não vamos facilitar, vamos vender cara a derrota…”.

O treinador das Sub-16 do Vitória SC refere que “estamos a encarar esta Final Four com tranquilidade”, apesar de “já não termos competição há cerca de um mês. O último jogo foi em dezembro e regressa com esta competição… é normal que algumas atletas sintam alguma ansiedade”, mas “nós vamos entrar na Final Four para conquistar uma boa classificação”.

“CHEGAR AO ÚLTIMO JOGO EM CONDIÇÕES DE PODER DISPUTAR O TÍTULO”

Cajó explicou ainda que “uma boa classificação é conseguir chegar ao último jogo em condições de poder disputar o título” e adiantou “é com essa ideia que vamos para esta fase final”.

O Vitória SC chega a esta fase final motivado e confiante, mas Cajó refere que “a equipa não está no seu melhor momento” porque “o ritmo competitivo vai-se perdendo quando não se joga e nós estamos parados há um mês”, mas isso é transversal às restantes equipas e não pode servir de desculpa”.

O Vitória SC estreia-se na Final Four a jogar com o ATC. Cajó refere que “não conheço a equipa do ATC, não fazia parte da nossa série. No entanto, se estão aqui é porque têm valor. Quem chega às fases finais merece lá estar e nós vamos respeitar o ATC, como vamos respeitar todas as outras equipas”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS