VOLEIBOL

AVC Famalicão motivado para receção ao CD Aves

O AVC Famalicão parte confiante para a receção ao CD Aves, jogo da terceira jornada da Liga Lidl A2 feminino de Voleibol, que se realiza este domingo, a partir das 15 horas.

Em Famalicão o jogo está a ser encarado com otimismo e muita motivação, até porque “a semana de trabalhos correu muito bem”, disse Vítor Oliveira, treinador do AVC Famalicão.

O técnico famalicense considera que “vai ser um jogo complicado porque nós vimos de uma paragem e vamos defrontar uma equipa que está bem diferente daquela com quem jogamos na primeira fase. O CD Aves teve um problema com atletas e trocou dois ou três elementos e nós não temos qualquer indicação sobre como está a equipa”.

Por isso “vamos entrar focados em nós. Estivem os parados algum tempo, mas regressamos com muita vontade de treinar, de jogar, de fazermos o que sabemos e a semana de trabalhos mostrou isso mesmo”.

De resto: “temos de confiar no trabalho que fomos fazendo e tentar reproduzir isso mesmo no jogo de domingo”, referiu Vítor Oliveira.

Como sentiu a equipa neste regresso aos trabalhos? “As atletas estão confiantes, estamos todos, porque acreditamos no trabalho e naquilo que fazemos” disse o técnico do AVC Famalicão, que adiantou que “este é mais um  jogo, uma peço no processo. Vamos tentar ganhar, sabendo das contrariedades que tivemos e das dificuldades que nos esperam”, mas “tudo iremos fazer para ganhar”.

Para este encontro, Vítor Oliveira não pode contar com duas atletas. Catarina Lemos será submetida a um intervenção cirúrgica na próxima semana e não joga mais esta época.

PROGRAMA DE JOGOS

Domingo

15h: AVC Famalicão – CD Aves

15h: Lusófona – Boavista

16h: SC Espinho – Castêlo Maia

Comentários

Artigos relacionados

Ver também
Fechar
Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS