VOLEIBOL

Amares Volei focado em preparar a fase de apuramento de subida

“Estamos a encarar esta segunda fase como mais uma forma de preparar a fase de apuramento de subida”, foi assim que Mário Azevedo, treinador do Amares Volei, começou por abordar o arranque da segunda fase do Campeonato Nacional da III Divisão masculinos de Voleibol.

O Amares inicia esta fase, que tem como grande objetivo encontrar o Campeão Regional do Porto, a jogar na Lousã, sábado, pelas 19 horas.

Mário Azevedo referiu que “nesta fase vamos aproveitar para testar jogadores, dar tempo de jogo a outros, que têm jogado menos, para crescer como equipa e tornarmo-nos mais fortes para a fase seguinte”, pois “a nível competitivo esta fase não interfere em nada com os nossos objetivos”.

“VAMOS ENTRAR EM TODOS OS JOGOS PARA GANHAR”

Sendo uma fase “mais de preparação” para as equipas do Minho, que não podem lutar pelo título da AVP, Mário Azevedo garante que “vamos entrar em todos os jogos para ganhar” e adiantou: “queremos ser o mais competitivos possível e vamos tentar adiar o mais possível a derrota”.

Mário Azevedo considera que “o importante é chegar bem à fase seguinte”, por isso “vamos aproveitar para nos prepararmos o melhor possível e para crescer como equipa”.

Nesta segunda fase, o Amares Volei vai encontrar duas equipas que conhece bem: Vilacondense e RC Senhorense, e outras duas que vêm de outra série… “vamos defrontar duas equipas novas, o Lousã VC e CV Aveiro, que vêm do outro grupo e que vamos apanhar na fase de apuramento de subida. Por isso, vamos aproveitar para perceber em que nível estão e como estamos nós em relação a essas equipas”.

TREINOS CONDICIONADOS

O Amares Volei retomou já a sua preparação para a competição, depois de uma paragem devido às festas… “a paragem competitiva deu para descansar, principalmente, nesta fase, que é uma altura mais de família. Foi importante termos os nossos objetivos já definidos para nos podermos concentrar noutros aspetos da vida para além do Voleibol”.

No regresso aos trabalhos “treinamos condicionados, não podemos contar com toda a equipa, mas estamos a retomar as rotinas com calma, ponderação e muitos cuidados”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS

Quer promover o seu evento?
Contacte-nos...