NATAÇÃO

José Paulo Lopes (SC Braga) com estreia de sonho no Mundial

José Paulo Lopes, nadador do SC Braga que está ao serviço da Seleção Nacional, teve uma estreia de sonho no Campeonato do Mundo que decorre em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos.

O nadador bracarense competiu em duas provas e bateu dois recordes nacionais: nos 400 m Livres, logo no primeiro dia do Mundial, e hoje conseguiu um novo máximo nos 1500m Livres, ao realizar a prova em 14:39.82 m, retirando cerca de nove segundos e sete centésimos à anterior marca, que já lhe pertencia desde 2019.

Luís Cameira, coordenador do SC Braga que acompanha José Paulo Lopes nestes mundiais, considera que “este Mundial foi fantástico! Foi a estreia do José Paulo Lopes e não podíamos querer mais… duas provas, dois recordes! 11.º do mundo!”.

Estava à espera destes resultados do José Paulo Lopes? “Não! Sabíamos que estava bem e em forma, mas depois do Jogos Olímpicos este início de época não foi fácil… Ele esteve fantástico e ultrapassou todas as expetativas”.

José Paulo Lopes tinha ainda mínimos para participar nos 400m Estilos, cujas eliminatórias se realizaram antes do 1500m Livres, mas “decidimos apostar tudo na prova dos 1500m Livres… e bem”, disse Luís Cameira.

NO OPEN DO JAMOR JÁ NA QUINTA-FEIRA

José Paulo Lopes e Luís Cameira regressam a Portugal já amanhã, mas viajam diretos para Lisboa para participar no Open do Jamor, na quinta-feira…

“Agora vamos apontar para o Open do Jamor, que se realiza na quinta-feira. De seguida vamos descansar e depois é hora de virar a página para a piscina de 50m…”., disse Luís Cameira, que lembrou que “pela frente temos Mundiais do Japão em maio e os Europeus em agosto, que se realizam em Roma… aproximamo-nos cada vez mais do topo mundial”.

Estes resultados fazem valer a pena todos os esforços e sacrifícios? “Claro! São estes resultados que impulsionam a modalidade a crescer e a querer mais e mais”, disse Luís Cameira, que considera que “são resultados que motivam e fazem crescer a modalidade em todos os aspetos”.

Fotos: FPN

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS