CICLISMO

César Fonte: “quero continuar a ser competitivo”

“Estou muito feliz por continuar no projeto” foi assim que César Fonte, ciclista de Vila Franca, Viana do Castelo, se referiu à continuidade na Kelly/Simoldes/UDO em 2022.

César Fonte afirmou que “encaro o desafio com otimismo e motivação”, que salientou que “este é um projeto jovem, mas em crescimento”.

“No final da época o meu trabalho foi reconhecido e valorizado e é com muita satisfação que continuo ligado à Kelly/Simoldes/UDO”.

Quanto a objetivos, César Fonte não tem dúvidas… “continuar a ser competitivo ao longo da época”.

REGRESSO AOS TREINOS E A EXPERIÊNCIA DO CICLOCROSSE

César Fonte já retomou os trabalhos: “no início do mês. E está tudo a correr como previsto até ao momento”.

Entre outros treinos, o ciclista de Vila Franca aventurou-se no Ciclocrosse… “é a primeira vez, extou a experimentar e a gostar bastante”. Quanto a fazer algumas competições: “gostava de participar em algumas provas, mas ainda não é certo até porque não falei com a equipa”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS