HÓQUEI EM PATINS

José Carlos Cruz (AP Minho): “motivar e cativar as atletas para a modalidade”

“Este foi o primeiro passo que demos para criar uma Seleção Feminina no Minho, que, futuramente, possa competir nos Torneios Interassociações”, disse José Carlos Cruz, responsável pela equipa feminina da Associação de Patinagem do Minho.

A Seleção Regional Feminina da AP Minho reuniu-se pela primeira vez na noite de quarta-feira e contou com um grupo de 14 atletas entre os nove e os 15 anos de vários clubes do Minho.

José Carlos Cruz refere que se avançou para a formação da Seleção: “dar a oportunidade às miúdas que praticam a modalidade de estarem em pé de igualdade com os rapazes e, ao mesmo, mostrar-lhes que a Associação de Patinagem do Minho se preocupa com elas. Até aqui nunca a AP Minho fez uma seleção de miúdas, mas este é um projeto para ir em frente”.

Para o primeiro treino “tentamos convocar todas meninas que presentemente estão inscritas no Hóquei em Patins da AP Minho. Vamos observá-las a todas e daqui para a frente fazer então uma Seleção que possa competir nos Torneios Interassociações”.

“A AP MINHO ESTÁ ATENTA”

Afirmando que “este é o primeiro passo”, aquele treinador, que faz equipa com Filipe André Carneiro, afirmou que “é importante dizer às meninas que vale a pela lutarem para praticarem a modalidade que gostam e que a AP Minho está atenta e que quer que eles continuam na modalidade”.

Neste primeiro treino estiveram meninas com idades dispares… “temos um leque de meninas que variam muito nas idades. Umas têm 14/15 anos outras 9/10. É uma mistura grande, mas o mais importante é que elas se sintam bem aqui e que não desistam”.

De resto, José Carlos Cruz, que esteve oito anos à frente da equipa feminina do Óquei de Barcelos (que acabou por desistir por falta de meninas), referiu que “é importante criar-se este Seleção e quem sabe futuramente avançar para outros patamares. Temos várias atletas que se iniciaram no Hóquei em Patins no Minho e hoje estão em clubes nacionais”. É o caso de Maria Sofia Silva, atleta de Braga que hoje representa o Benfica, e Naiara Gonçalves, atleta de Viana do Castelo que joga no Carvalhos.

“FELICITEI-AS POR SEREM GUERREIRAS E LUTAREM”

O que lhes transmitiu neste primeiro treino? “Eu comecei por felicitá-las por elas estarem ali, por serem guerreiras e por lutarem em troco de muito pouco para praticarem o desporto que gostam. Elas nos seus clubes competem no meio dos rapazes e agora têm um espaço delas, penso que é estímulo para que outras miúdas possam enveredar pela modalidade”.

José Carlos Cruz encontrou, neste primeiro treino, um grupo “algo nervoso, mas com uma grande vontade de mostrar tudo e mais alguma coisa, dar o seu melhor”.

A Seleção Regional Feminina vai continuar a trabalhar – deve reunir-se dentro de duas semanas novamente – e com o mesmo grupo de trabalho… “neste momento temos 14 meninas e futuramente só podemos ter 10, mas nesta primeira fase vamos trabalhar com todas e dar-lhes assim a oportunidade de se mostrarem e de irem crescendo dentro da Seleção”.

Afirmando que “este é o primeiro passo de um projeto que acreditamos possa a dar os seus frutos”, José Carlos Cruz salientou que “para já queremos motivar e cativar as atletas para a modalidade, queremos que elas desfrutem e se divirtam no Hóquei em Patins”.

FOTO APM

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS