Sem categoria

Leonor Cepa Santos em quinto no ‘Nacional’ de Dança

Leonor Cepa Santos, da Academia de Patinagem de Braga, fez quinto lugar em Iniciados Femininos no Campeonato Nacional de Dança, que se realizou no fim de semana em Paredes.

A patinadora da equipa bracarense ficou nas duas provas em quinto (CD e FD) na quinta posição, tendo somando 56,52 pontos.

Leonor Pereira, também da AP Braga, fez 20.º lugar na mesma prova, enquanto Carolina Apolinário (CCPA) foi 28.º.

AMÉRICO ALVES (CCPA) SÉTIMO EM CADETES

Em Cadetes o destaque vai para Américo Alves, do Clube Cávado Patinagem Artística, que terminou na sétima posição, com 37,40 pontos, enquanto em Femininos Mariana Ferreira (APB) foi 11.ª e Francisca Oliveira (AP Guimarães) terminou em 27.º.

Em Iniciados masculinos Gonçalo Cunha e Francisco Andrade (GNA) fizeram quinta e sexto lugar respetivamente.

MARIA ANTUNES SÉTIMA EM INFANTIS

Em Infantis, Maria Antunes, do CCPA, concluiu o Campeonato Nacional de Dança em sétimo lugar, com um total de 30,51, enquanto Ana Leonor Polvo (GNA) foi oitava e Rita Roriz (CCPA) terminou em 10.º.

Maria Leonor Rodrigues e Maria Leonor Ferreira (GNA) terminaram no top15 da Prova de Infantis, enquanto Beatriz Costa (AP Braga) foi 16.ª e Catarina Dias (CCPA) foi 17.ª.

Margarida Araújo (CCPA) fez 22.º lugar e Mia Amorim (APB) foi 24.º.

MARIA RITA FERNANDES (APG) 12.ª EM JUNIORES

Em Juvenis, Maria Rita Fernandes, da AP Guimarães, foi a melhor minhota em prova ao terminar em 12.º lugar, com 41,75 pontos, enquanto Marta Araújo (APB) foi 18.ª.

Margarida Costa (APB) fez 14.º lugar em Juniores, enquanto a sua colega de equipa Lara Pereira foi 19.ª e Carolina Costa (CCPA) foi 23.º.

Em Seniores, Ana Luís Cardoso (APG) terminou em 12.º com 54,18 pontos, enquanto Mafalda Afonso (AP Braga) foi 17.ª.

Diogo Moreno, do CCPA, terminou em sexto lugar na categoria de Seniores, tendo somando 78,26 pontos.

Por equipas, a AP Braga terminou na sétima posição.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS