CICLISMO

Filipe Silva (Bike House) aponta à vitória no DHI da ACRAP

Filipe Silva, da Bike House DH Team/Guimarães, aponta à vitória no 21.º BTT DHI da ACRAP, que se realiza domingo em Prozelo, Arcos de Valdevez.

O ciclista de Guimarães, Campeão do Minho em título, parte para a quarta e última prova do Campeonato do Minho de BTT DHI – Cision, determinado em “dar o meu melhor”, apesar de “saber que não vou poder revalidar o título, pois estive ausente da primeira prova devido à minha lesão”, mas “tenho de levantar a cabeça e focar-me no próximo ano para poder estar mais forte e mais rápido”.

Filipe Silva garante que “estou a encarar a prova de uma forma muito positiva”, até porque se realiza “numa pista que me deixa boas recordações e onde me sagrei campeão em 2019. Pode ser um fator a meu favor”.

Questionado sobre se gosta da pista, o ciclista de Guimarães afirmou que “gosto muito da pista. Pode levar umas alterações para ficar mais divertida e mais técnica, mas é igual para todos. O traçado em si é engraçado”.

De referir que em 2019, Filipe Silva venceu o Campeonato do Minho de BTT DHI em Elites, ao somar 1010 pontos, deixando o seu colega de equipa, Rui Teixeira, na segunda posição.

Este ano Filipe Silva partia com o objetivo de revalidar o título de Campeão do Minho e conquistar algo mais, mas uma queda sofrida em maio obrigou-o a alguns meses de paragem, pois fraturou os dois pulsos. No regresso à competição, Filipe Silva fez terceiro lugar no DHI Capital do Móvel e quinto no DHI Moto Galos, tendo conseguido ainda fazer sexto lugar no Campeonato Nacional, naquela que foi a sua segunda prova do ano.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS