BASQUETEBOL

Rita Dantas (ex-SC Braga) reforça BC Barcelos

“Ir para o BC Barcelos é uma nova experiência que me vai fazer crescer tanto como atleta, como pessoa”, foi assim que Rita Dantas, ex-SC Braga, começou por abordar a sua transferência para o BC Barcelos, clube que vai disputar o Campeonato Nacional da I Divisão feminina de Basquetebol.

Rita Dantas considera que a adaptação ao novo clube e às novas colegas tem corrido bem: “tem sido bastante fácil a adaptação. São todos bastante amigáveis e prestáveis e apesar de ser mais exigente, é também recompensador a nível basquetebolístico”.

O novo reforço do BC Barcelos parte para a nova experiência com o objetivo de “melhorar o meu jogo individual e coletivo”.

 

“MELHOR DECISÃO EM RELAÇÃO À MINHA PROGRESSÃO NO BASQUETEBOL”

 

Foi fácil tomar a decisão de sair do SC Braga? “Joguei três anos no SC Braga… e a decisão de sair foi difícil. É difícil deixar as amigas e a equipa, mas foi a melhor decisão em relação à minha progressão no Basquetebol”, referiu Rita Dantas.

O facto do BC Barcelos militar na I Divisão também pesou na decisão da atleta dos Arcos de Valdevez… “claro que jogar na divisão acima foi um fator influenciador”.

Rita Dantas, que se iniciou no Basquetebol na Escola Desportiva Limiana, passando depois para o BC Limiense e SC Braga e fazendo ainda parte das equipas da UM em 3×3 e 5×5, tem objetivos no Basquetebol, mas salienta que “de momento, quero ajudar a minha equipa no que for necessário e evoluir no Basquetebol”.

 

BC BARCELOS COM TRÊS REFORÇOS 

 

Rita Dantas junta-se assim à sua irmã Raquel Dantas e Mariana Costa (ex-CD Póvoa) na lista das contratações do BC Barcelos para a nova temporada. O clube assegurou ainda as continuidades de Tânia Gomes, uma das atletas mais emblemáticas do clube, Elisa Paiva, Inês Lameira, Ana Costa, Catarina Ramião e Luana Vieira.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS