CANOAGEM

DKC Viana regressa com a Náutica nas Escola

A DKC de Viana está de regresso com o programa Náutica nas Escolas para os alunos de todos os agrupamentos de escolas de Viana do Castelo.

Depois da paragem forçada devido à pandemia, o clube de Viana do Castelo arranca já no dia 27 para o sétimo ano do projeto… “espera-se para a canoagem cerca de um milhar de alunos dos mais diferentes níveis de ensino, com predominância para os quintos, sextos e sétimos anos de escolaridade”, começou por referir Américo Castro, que adiantou que “os alunos advêm de todos os agrupamentos de escolas do concelho e tal é a adesão a este programa de índole curricular, em que as aulas de canoagem são dadas nos tempos de educação física”.

Afirmando que “o funcionamento deste programa contará evidentemente com o respeito pelas normas da DGS”, Américo Castro salientou que “o Centro de Canoagem foi os primeiros a possuir sala de isolamento e equipamento adequado à prevenção da pandemia”.

Este projeto “é feito da conjugação de três grupos de vontades. O Município de Viana do Castelo, que organiza, trata dos transportes, assegura financeiramente o projeto, as escolas que elaboram os horários e dotam os professores e alunos que vão participar nas aulas e os clubes, neste caso a DKC de Viana, que fornece os meios técnicos como professores e treinadores e materiais”.

Os técnicos da DKC de Viana e os materiais estão prontos para dar continuidade ao projeto e para a primeira semana são 140 alunos de dez turmas que vão beneficiar deste programa na canoagem.

O projeto “Náutica nas Escolas”, inserido no projeto Centro de Mar, “tem sido extraordinariamente bem acolhido pelos seus pares, pelos alunos e professores, pelo Ministério da Educação e IPDJ, assim como por organismos internacionais, o que já levou a que fosse premiado nacional e internacionalmente”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS