Sem categoria

Moto Galos/DSS Racing Team aponta aos pódios no Troféu Século XX

A Moto Galos/DSS Racing Team esteve em grande destaque na penúltima jornada do Troféu Século XX – Taça Luís Carreira  do Campeonato Nacional de Velocidade, que se disputou no fim de semana no Circuito do Estoril, e reforçou a luta pelos pódios finais.

Nas Open, Carlos Pinheiro (Yamaha R1), que teve pequenos imprevistos, foi segundo nas duas corridas, em que a vitória sorriu ao principal opositor João Curva. O piloto barcelense garantiu, no entanto, a liderança e já só pensa na conquista do título.

Na mesma classe, Alex Laranjeira (Honda CBR 900), fez dois terceiros lugares e mantém-se em quarto lugar.

Nas Supersport 600, André Capitão (Yamaha R6) voltou à competição depois de uma etapa de ausência, por razões profissionais. Conquistou dois segundos lugares e segurou igual posto na geral, com menos 31 pontos do que Luís Belchior, distância que ainda acredita “ser possível recuperar”.

Márcio Silva resistiu às complicações mecânicas e geriu a qualificação e o primeiro desafio de “forma cautelosa”, cortando a meta em quarto, resultado que repetiu no domingo e ainda com upgrade do recorde pessoal. Ocupa o terceiro lugar da geral.

O estreante Gustavo Pinheiro (Yamaha R3) teve no fim de semana a última prova da época nas Supersport 300 e obteve o 11.º lugar. Na geral ficou em 17.º lugar, um balanço positivo no ano em que se iniciou na modalidade federada. “Há coisas a melhorar, mas estou contente com a evolução e já de olhos postos na próxima temporada, prometo voltar mais forte e com objetivos mais elevados”.

A sexta e última jornada do Campeonato Nacional de Velocidade realiza-se a 23 e 24 de outubro, de novo no Circuito do Estoril.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS