Sem categoria

Nélson Cruz e Rui Palma (Moto Galos) na luta pelo pódio

Nélson Cruz e Rui Palma, da Associação Moto Galos, partem para a última ronda do Campeonato Nacional de Velocidade na luta pelo pódio da Copa Dunlop Motoval.

No fim de semana, Nélson Cruz e Rui Palma protagonizaram intensas disputas de posição – entre si e com os principais opositores –, obrigando a recorrer a um incomum foto-finish para o apuramento final, na corrida de sábado.

Na classificação acumulada, os dois pilotos seguem separados por apenas um ponto na última etapa, em quinto e quarto, com 99 e 100 pontos, respetivamente, e ambos têm na mira o último lugar do pódio, numa luta onde entram também Ricardo Andrade (terceiro, 100 pontos) e Pedro Vinagre (sexto, 98 pontos). André Gonçalves venceu os dois desafios e lidera a classe, com mais cinco pontos do que Filipe Brites, adiando para 23 e 24 de outubro a decisão do título no troféu.

No fim de semana Nélson Cruz ficou em quinto lugar na primeira manga, num novo recorde pessoal (1:48.7), apesar de imprevistos na sua Yamaha R1. No domingo foi quarto, destacado dos concorrentes diretos.

Também para Rui Palma (Ducati V4R), da parceria Team Moto Galos/Clube Motorizado do Troço, “a palavra desistir não é opção” e, na terceira vez esta época no Estoril, cortou a meta em quarto no sábado, numa acérrima batalha entre “galos”; e em sexto no domingo.

Entre as motos -850cc, João Cruz voltou a estar ausente da prova e é oitavo classificado na categoria, comandada por Victor Barros, da Frammenti Racing Team.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS