CICLISMO

Luís André Ribeiro (CC Barcelos): “tentar entrar nas fugas”

Luís André Ribeiro, CC Barcelos/A.F.F./Flynx/H.M. Motor, parte ambicioso para a 15.ª Volta a Portugal de Juniores, que arranca amanhã com uma etapa de 92,6 quilómetros, com partida e chegada em Almeida.

O ciclista de Esposende considera que o trajeto da Volta a Portugal “muito difícil” e salienta que “a última etapa é a mais complicada, vai custar imenso”, já que conta com dois Prémios de Montanha, uma delas de primeira categoria…

Quanto a objetivos, Luís André Ribeiro afirmou: “a ver se consigo entrar nas fugas” e adiantou: “sinto-me preparado e já me sinto melhor em relação aos ‘Nacionais’”.

A SUBIDA AS PENHAS DOURADAS

O que mais receias nesta Volta a Portugal? “A subida às Penhas Douradas, acho que vai custar imenso”.

Para Luís André Ribeiro esta é, praticamente, uma estreia nestas andanças da Volta a Portugal: “como Cadete cheguei a participar numa Volta a Portugal, mas fiz apenas a primeira etapa, uma vez que fui para lá sem treinos. Foi uma prova que serviu, essencialmente, como treino”.

Agora “a ideia é dar o melhor e ajudar a equipa a fazer a melhor posição possível”, disse o ciclista do CC Barcelos, que se confessa “um pouco nervoso”, mas “acima de tudo com vontade de começar a Volta”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS