CICLISMO

Daniel Dias: “título de Vice-Campeão de Juniores trouxe-me boas perspetivas para o futuro”

Daniel Dias, então a defender as cores Seissa|KTM-Bikeseven|Matias&Araújo|Frulact, sagrava-se há dois anos Vice-Campeão de Contrarrelógio em Juniores, num evento que se realizou em Paredes.

“Foi um dia difícil, bastante quente… Ia com o objetivo de ser Campeão Nacional. Parti bastante forte, visto ser um crono demasiado curto para o normal e para o qual tinha treinado”, lembra Daniel Dias, que adiantou que “a meio do percurso tive uma pequena quebra que me fez perder alguns segundos que foram cruciais para a discussão do título”.

“No final foi mais um título de Vice-Campeão Nacional para a minha ‘carreira’, que trouxe boas perspetivas para o futuro nessa vertente do Contrarrelógio”, disse Daniel Dias.

Fábio Fernandes, EFAPEL-Escola de Ovar, foi o Campeão Nacional em 2019, tendo realizado um Contrarrelógio irrepreensível e conseguido retirar 10s ao tempo realizado pelo ciclista da Seissa, que gastou 17m39s para percorrer os 12,7 quilómetros do percurso.

SUBIDA A SUB-23 COM RESULTADOS POSITIVOS

O ciclista da zona de Gaia a representar a equipa barcelense da ACR Roriz subiu, entretanto, a Sub-23. Ingressou na Sicasal e acabou por conquistar resultados interessantes na vertente de CR.

“Ao nível do Contrarrelógio a maior diferença que eu notei foi nos andamentos, visto que em Juniores tínhamos os andamentos controlados 52-14 e agora sou livre de utilizar os andamentos que pretendo”, referiu Daniel Dias, que salienta que “desde Júnior que trabalhei também a posição na bike de crono, treinei mais horas e fiz um trabalho mais específico. O que levou a que conseguisse bons resultados logo no meu primeiro ano Sub-23”.

Daniel Dias aventurou-se este ano a correr no estrangeiro, ao serviço do Mónaco, mas as lesões impediram-no de fazer uma época positiva…

“Este ano o balanço é negativo, longe do que estava à espera … Passei momentos bastante difíceis, mas tive as pessoas certas ao meu lado para me ajudarem a reerguer”, disse Daniel Dias, que está de regresso a Portugal e representa agora o Santa Maria da Feira/Segmento d’Época/Reol.

“TENHO TRABALHADO PARA VOLTAR AO MEU NÍVEL”

“Desde que voltei a Portugal tenho trabalhado para voltar ao meu nível, tem sido complicado por ter parado, mais uma vez, tanto tempo, mas aos poucos tenho-me vindo a encontrar de novo e a encontrar as melhores sensações. Não estou ainda ao meu melhor nível, mas, por exemplo, na última competição, o Grande prémio Ribeiro da Silva, consegui integrar o pódio e estar na discussão da corrida, com boas sensações…”.

Para Daniel Dias “estes resultados acabam por trazer alguma motivação depois de um ano tão mau”.

A época ainda não terminou e o ex-Vice-Campeão Nacional de Contrarrelógio em Juniores garante que “vou tentar demonstrar o meu valor no que resta da época. Vou tentar fazer boas prestações no Grande Prémio Jornal de Notícias, que é uma das provas mais importantes da temporada, seja em fugas, em camisolas secundárias etc…”.

“Acima de tudo continuar a desfrutar do ciclismo, que foi algo que perdi na primeira fase da época…”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS