BASQUETEBOL

Gonçalo Cachada (BC Limiense) no estágio da Seleção Sub-14

Gonçalo Cachada, do BC Limiense, está convocado para o estágio de observação da Seleção de Sub-14 masculinos de Basquetebol, que se realiza em Pombal, entre o dia um e seis de agosto.

Deste primeiro estágio de observação saíram os atletas que vão participar no estágio de preparação, que se inicia no dia nove de agosto e encerra a 15 com a participação no Torneio Internacional em Íscar, Espanha.

Gonçalo Cachada participou recentemente no Campus de Sub-14 organizado pela Federação Portuguesa de Basquetebol e o seu desempenho chamou a atenção do selecionador Rui Nazário.

BRUNO FERREIRA: “VAI SER, SEM DÚVIDA, UM ENORME VALOR”

Bruno Ferreira, treinador da equipa de Sub-14 do BC Limiense, considera que Gonçalo Cachada mereceu a convocatória, pois é uma mais-valia no Basquetebol.

“O Gonçalo é um atleta determinado, muito humilde e trabalhador. É um enorme colega de equipa embora seja o mais tímido de todos. Destaca-se pela capacidade técnica e tática, já bastante evoluídas para a idade. Faz todas as posições e a sua altura ajuda bastante. Vai ser sem dúvida um enorme valor pois possuí, com a sua tenra idade, uma ética de trabalho exemplar”, disse o técnico do BC Limiense.

Gonçalo Cachada está no Basquetebol há seis anos, tendo-se iniciado no BC Limiense, onde atualmente integra a equipa de Sub-14.

A equipa de Ponte de Lima ainda se encontra a treinar e Bruno Ferreira faz um balanço positivo do regresso à competição…

“Acabou por ser um pequeno doce para quem esperou tanto tempo. A competição fui curta, mas já deu para ver evoluções significativas e deu vários sinais para a próxima época”, disse Bruno Ferreira, que adiantou que “esperemos que a próxima época comece sem limitações pois estas gerações já foram muito prejudicadas pelas paragens”.

Comentários

Artigos relacionados

Ver também
Fechar
Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS