Sem categoria

Lucas Costa (AP Braga) chamado à Seleção Nacional

“Recebi esta chamada com muita alegria e muito orgulho”, foi assim que Lucas Costa, patinador da Academia de Patinagem de Braga, começou por abordar a sua chamada aos trabalhos da Seleção Nacional de Patinagem Livre, que se realiza entre os dias 19 e 21, no Luso.

O estágio de preparação da Seleção Nacional visa o Campeonato da Europa a realizar em Itália entre o dia 26 de agosto e quatro de setembro.

Lucas Costa, que ficou às portas do pódio em Iniciados na Taça da Europa em 2019, diz-se “preparado e com muita vontade de trabalhar cada vez mais”, até porque parte com o objetivo de ‘agarrar’ um lugar na Seleção.

“SER SELECIONADO PARA REPRESENTAR PORTUGAL”

“Parto com uma grande vontade de conseguir ser selecionado e assim poder representar Portugal da melhor forma”, disse o jovem patinador da AP Braga.

Lucas Costa confessa-se cansado da pandemia… “espero que acabe o mais rápido possível para que as competições e os treinos voltem à normalidade”.

Quanto aos treinos, o patinador bracarense garante que “os treinos têm corrido bem dentro das possibilidades. Claro que com a pandemia não é a mesma coisa, mas tento dar sempre meu melhor”.

Quanto às competições… “este ano devido à pandemia ainda não houve muitas provas. Participei no Torneio Assunção Alves, em que fiquei em primeiro lugar no meu escalão (Cadete masculino) e fiz dois Opens a nível nacional, que servem para o apuramento dos atletas que vão ao Campeonato Nacional. Nos dois Opens que fiz, consegui ranking para participar no Campeonato Nacional”.

AP BRAGA COM TRÊS ATLETAS NO ESTÁGIO

Para além de Lucas Costa, a Academia de Patinagem de Braga viu serem chamados mais dois atletas.

Hugo Manuel Vieira e Diogo Lopes Silva também vão participar no estágio de preparação na Seleção Nacional de Patinagem Livre, que se realiza na próxima semana, no Luso.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS