CICLISMO

Beatriz Pereira (Bairrada) aponta à vitória Penalva do Castelo

“O meu objetivo passa por tentar ganhar a corrida em Penalva do Castelo” foi assim que Beatriz Pereira, ciclista de Famalicão que alinha no Bairrada, começou por abordar a quarta e última prova da Taça de Portugal feminina, que se disputa este domingo em Penalva do Castelo, no distrito de Viseu.

À entrada para a última prova da Taça, Beatriz Pereira, que recentemente se sagrou Campeã Nacional de Juniores, ocupa a terceira posição, com 75 pontos (Beatriz Roxo lidera com 120 pontos).

“A vitória da geral da Taça de Portugal já está um pouco distante e em situações normais é quase impossível, mas vou a pensar na etapa e vou tentar chegar à vitória nesta corrida”.

Beatriz Pereira tem tido várias corridas nos últimos tempos e salienta que “já são algumas semanas consecutivas de competição e isso sente-se nas pernas. Mas estou ansiosa para terminar esta corrida, recuperar e voltar a treinar para a parte mais importante da temporada e onde estão grandes objetivos como a Volta a Portugal”.

EXPERIÊNCIA NA SELEÇÃO NACIONAL

A ciclista famalicense esteve recentemente ao serviço da Seleção Nacional e participou numa prova em Espanha… “a experiência na Seleção correu bem. Não foi a minha melhor corrida, houve alguns contratempos para toda a equipa. Mas conseguimos fazer uma boa corrida” e adiantou que “estas experiências no pelotão espanhol são sempre muitíssimo enriquecedoras porque enfrentamos desafios que não temos aqui. Como as colocações serem mais difíceis porque o pelotão é muito maior, as provas têm maior nível e os percursos maior dificuldade. Apesar de ser mais difícil de fazer um bom lugar, acabamos por aprender imenso em cada corrida”.

Essas provas podem ser importantes para encarar as corridas quer a nível nacional, como internacional? “Para as provas nacionais não têm grande peso porque são bastante diferentes, mas são importantes para encarar futuras corridas no estrangeiro. Ficamos a saber os pontos a melhorar”.

De salientar que a Taça de Portugal decorre em Penalva do Castelo, Viseu, e arranca às 9.50 horas. As Juniores vão fazer três voltas, num total de 56,7 quilómetros. As Cadetes e Masters 30, 40 e 50, vão ter de completar duas voltas, o equivalente a 37,8 quilómetros. De referir que nas Master 50 Rosa Marques, da UD Ponte da Barca, está bem colocada para conquistar a Taça de Portugal. As corredoras Elite, comandadas pela famalicense Daniela Pereira, e Sub-23 vão ter de completar quatro voltas, correspondentes a 75,6 quilómetros.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS