CICLISMO

Rui Freitas em destaque no 3.º DHI Capital do Móvel

Rui Freitas esteve em grande destaque no 3.º DHI Capital do Móvel, segunda prova do Campeonato do Minho de BTT DHI – CISION, que se realizou no domingo no Monte Pilar, Penamaior, em Paços de Ferreira.

O ciclista de Guimarães, que esteve ausente da primeira prova disputada na Penha devido a lesão, venceu as duas mangas no Monte Pilar, tendo descido a manga final em 1:53.924, sendo aliás o único atleta dos Juniores a descer abaixo dos dois minutos na final.

Diogo Pereira, da Bike House DH Team/Guimarães, foi segundo classificado, gastando 2:03.844 m para fazer a manga de classificação.

Marco Pinheiro, Campeão Nacional de Cadetes em título, fez terceiro lugar, repetindo a posição obtida na Penha.

António Teixeixa (DJA), João Leite (DJA) e Luís Cunha (Bike House) completaram a classificação.

RUI FREITAS: “NÃO FOI UMA VITÓRIA FÁCIL…MAS FOI GRATIFCANTE”

“Não foi uma vitória fácil” disse Rui Freitas, ciclista que este ano corre como individual, a propósito da sua vitória na ‘Capital no Móvel’.

O ciclista de Guimarães explicou que “foi uma corrida difícil devido às condições da pista. É uma pista muito física, tem que se ter muita preparação e isso torna a descida cansativa”, referiu Rui Freitas, que garantiu que “foi uma vitória gratificante”.

Rui Freitas consegue assim a sua primeira vitória no Campeonato do Minho, ele que não pode disputar a primeira prova por lesão… “na Penha devido a uma lesão não consegui pontuar. Conquistar aqui o primeiro lugar é muito positivo e mantem-me na luta pelo Campeonato do Minho”.

Rui Freitas considera que “a preparação tem corrido bem, trabalho diariamente para preparar-me o melhor possível para continuar a lutar pelos meus objetivos”, que passam por “lutar pelo título de Campeão Nacional e Campeão do Minho.

ADRIANO SILVA SEGUNDO NO MONTE PILAR

Adriano Silva, da Bike House DH Team/Guimarães, foi segundo classificado na categoria de Cadetes.

O ciclista de Guimarães, que tinha vencido na Penha, baixou o tempo de descida na manga final, mas foi batido por Nuno Bentes (BTT Pandilhas a Monte), que gastou menos três segundos e subiu ao lugar mais alto do pódio.

Diogo Cunha, do Desportivo Jorge Antunes, foi terceiro classificado.

Tiago Mateus e Rui Pedrosa, do DJA, terminaram na sexta e sétima posição respetivamente.

DUARTE RIBAS VENCE EM JUVENIS

Nos escalões de Escolas, Duarte Ribas (Bike House) subiu ao mais alto lugar de um pódio todo ele da equipa de Guimarães. Diogo Rodrigues foi segundo e Francisco Ribeiro terceiro.

Na prova feminina, Margarida Vasconcelos (Maiatos) venceu e a sua irmã Helena Vasconcelos foi segunda.

Em Infantis, Benjamim Vasconcelos (Maiatos) subiu ao primeiro lugar do pódio, enquanto Afonso Soares (Bike House) foi segundo.

Fernando Silva foi o vencedor da prova de Open Masculinos. O ciclista que corre como individual conseguiu ainda falar o melhor tempo da pista ao descer o Monte Pilar em 1:49:268. António Costa (BTT Pandilhas a Monte) foi segundo e Filipe Ferreira terceiro.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS