BASQUETEBOL

Pedro Grenha: “vamos ter que estar no nosso melhor”

“Sabemos que vai ser uma batalha, vamos ter que estar no nosso melhor e jogar de uma forma muito coletiva para podermos vencer o Beira Mar”, foi assim que Pedro Grenha, treinador da equipa Sénior masculina do SC Braga, abordou o jogo deste sábado, a contar para as meias-finais da ‘Final Four’ Zonal Norte, que decorre no Pavilhão de Paços de Ferreira.

O SC Braga chega a esta fase num excelente momento de forma. Desde o desconfinamento apenas perdeu um jogo – o primeiro, frente ao BC Barcelos – e continua assim a lutar pela subida à Proliga. Para garantir a vaga no comboio da promoção o conjunto treinado por Pedro Grenha tem de vencer esta Final Four Zonal…

“A EQUIPA ESTÁ A ATRAVESSAR O SEU MELHOR MOMENTO…”

“A equipa está a atravessar o seu melhor momento na fase mais decisiva da época e isso é extremamente positivo”, disse Pedro Grenha, que adiantou que “a semana tem corrido bem e procuramos aproveitar cada segundo para preparar o próximo desafio porque sabemos que no sábado teremos mais uma enorme batalha pela frente”.

Para Pedro Grenha “todas as equipas que chegam a esta fase da prova são competentes e os jogos serão certamente muito disputados”.

“O NOSSO FOCO É O JOGO COM O BEIRA-MAR”

O SC Braga parte para a Final Four focado no jogo de sábado… “Neste momento, o nosso foco é o jogo com o Beira-Mar porque é o próximo e teremos que o vencer para marcar presença na final. O Beira-Mar é uma equipa jovem, que gosta de correr no campo e é muito compacta a defender. Tem alguns jogadores com a capacidade de criar desequilíbrios no 1×1 ou nas ações de 2×2, principalmente através do bloqueio direto, e bons lançadores”.

“Nós temos uma identidade muito forte e o nosso plano começa sempre por impor o nosso jogo, não ignorando os diferentes ajustes que serão necessários para anular as vantagens do nosso adversário e, em simultâneo, explorar os seus principais pontos fracos”.

Fotos: SCB

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS