CICLISMO

Daniela Pereira no pódio de Elites

Daniela Pereira, ciclista de Famalicão que alinha no Clube BTT Matosinhos, esteve em grande destaque no Campeonato Nacional de Fundo em Elites, que se realizou esta manhã na zona de Castelo Branco.

A ciclista famalicense cortou a meta na terceira posição, atrás das internacionais Maria Martins (Drops-de-Col), que se sagrou Campeã Nacional, e Daniela Campos (Bizkaia-Durango), segunda.

Daniela Pereira manteve-se sempre bem colocada durante toda a corrida e na parte final respondeu da melhor forma ao sprint protagonizado por Maria Martins e Daniela Campos, que cortaram a meta com uma vantagem de dois segundos.

DANIELA PEREIRA: “DEIXEI LÁ TUDO”

“O meu objetivo era manter-me no grupo da frente o máximo de tempo possível. Ver-me a rolar ao lado da Daniela Campos e da Tata é uma sensação incrível. Também mete respeito ver o trabalho feito pela Team Farto”, começou por referir a ciclista famalicense do Clube BTT Matosinhos, que referiu que “a verdade é que houver muitas tentativas de fuga, mas o grupo respondeu sempre e não permitiu que singrassem”.

Daniela Pereira salientou que “ao contrário do que se disse no rádio – o que para mim foi uma tremenda falta de respeito e uma inverdade, de que as Elites eram fracas e não mereciam fazer provas internacionais -, a corrida ficou marcada por muitas tentativas de fuga, muitos esticões, mantive-me firme sem perder o grupo da frente. Nos últimos quilómetros o ritmo aumentou mesmo muito, deixei lá tudo para me colocar bem para o sprint final e acabo por fazer terceiro”.

Afirmando que “é espetacular ocupa o top3 com as grandes Daniela e Tata”, Daniela Pereira referiu que “agora é olhar para a última prova da Taça de Portugal”.

Daniela Pereira consegue destacar-se naquele que é o seu segundo ano no Ciclismo de Estrada… “tem corrido bem, não seu se é sorte…se é predisposição. A verdade é que trabalho muito no sentido de estar bem, mas as outras atletas também”.

ANA CARAMELO NO TOP 10

Ana Caramelo, da da ATPLINE_UC Ponte da Barca, terminou no top10 do Campeonato Nacional de Fundo. Depois de ontem se ter sagrado Vice-Campeã de Contrarrelógio, a atleta do clube de Ponte da Barca gastou mais 13s que a vencedora e cortou a meta no nono lugar.

ROSA MARQUES (UCP BARCA) VICE-CAMPEÃ MASTER 50

Rosa Marques, da ATPLINE_UC Ponte da Barca, sagrou-se hoje Vice-Campeã Nacional de Fundo em Master50.

A ciclista da zona de Monção, que tem estado em destaque nas provas da Taça de Portugal, cortou a meta na segunda posição, a cinco segundos da vencedora Natália Mendes.

Em Master 40, Maria Martins (UCP Barca) fez sétimo lugar

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS