VOLEIBOL

João Paulo Mateus Pereira treina Vitória SC

João Paulo Mateus Pereira é o novo treinador da equipa Sénior masculina do Vitória SC, formação que vai militar no Campeonato Nacional da I Divisão de Voleibol.

O conjunto de Guimarães, que vai para a sua 20.ª época no escalão maior do Voleibol masculino, aposta assim num “profundo conhecedor da modalidade e do Vitória SC, pois treinou a equipa B Sénior masculina e Juniores masculinos em 2011/2012”, refere o Vitória SC.

Militar de carreira e um apaixonado pelo voleibol desde a juventude e pela educação física, João Paulo Pereira regressa ao Vitória SC, clube onde foi se sagrou Campeão Nacional da equipa B Sénior masculina em 2011/2012, tendo sido também Vice-Campeão Nacional de Juniores nesse mesmo ano.

De salientar que João Paulo Pereira, de 54 anos, começou a sua carreira de na AAAES Amares, em 2004, conseguindo subidas de divisão sucessivas até à I Divisão A2. O novo treinador do Vitória SC passou ainda FAC e nos últimos cinco anos esteve à frente da equipa Sénior feminina do SC Braga que militou na I Divisão Nacional.

 

 

PLANTEL EM FORMAÇÃO

 

Quanto ao plantel, o Vitória SC já se encontra a trabalhar, sabendo-se já que são muitas as mudanças para 2021/22. No entanto “está já garantida a continuidade de alguns jogadores importantes, não só pelas qualidades técnicas, mas também pela identificação com o Clube”.

É o caso do ‘capitão’ Carlos Fidalgo, que “continuará de rei ao peito pela 10.ª temporada consecutiva”.

Os líberos Miguel Henriques e José Miguel Castelar também se mantêm na equipa e o zona 4 Rodrigo Pereira continua a assumir-se como uma aposta agora do novo treinador.

“Nos próximos dias serão apresentadas novas contratações que, estão a ser ultimadas pelos responsáveis vitorianos em conjunto com a equipa técnica que, para já continua a contar com Sérgio Martins na importante tarefa de analista de desempenho e scouting”.

 

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS