CANOAGEM

José Ramalho (CN Prado) e Sérgio Maciel (Viana GC) Campeões Nacionais de Maratonas

José Ramalho, do CN Prado, e Sérgio Maciel, do Viana GC, sagraram-se, esta tarde, Campeões Nacionais de Maratonas, numa prova que decorre em Prado.

José Ramalho impôs-se na primeira prova da tarde e sagrou-se Campeão Nacional em K1 Sénior Masculino, deixando o seu mais diretor perseguidor, Adriano Conceição, do Crestuma, a 18s.

Sérgio Maciel, por sua vez, teve uma dupla vitória. Tal como no Campeonato Regional, disputado há duas semanas, conseguiu superiorizar-se a Nuno Barros (CN Ponte de Lima, e sagrou-se Campeão Nacional de C1 em Seniores e Sub-23.

Nuno Barros fez segundo lugar e Ricardo Rodrigues Coelho, também do CN Ponte Lima, foi terceiro.

Em Sub-23, Sérgio Maciel deixou na segunda posição Ricardo Rodrigues Coelho (CN Ponte Lima), enquanto Gonçalo Torres (CN Fão) foi terceiro.

 

MARIANA BARROS E MARIA GOMES CAMPEÃS DE K1

 

Nas provas femininas, Mariana Barros, do CN Ponte Lima, esteve muito forte e sagrou-se Campeão Nacional de K1 Sénior, deixando na segunda posição Maria Gomes, do CN Prado, canoístas que se sagrou Campeã Nacional de Sub-23.

Em C1 Feminino, Beatriz Barros é Campeã Nacional Sénior, tendo deixando Ana Afonso e Daniela Barros, ambas do CN Prado, nos lugares imediatos do pódio.

Este pódio repetiu-se na categoria de Sub-23.

Em Veteranos José Maciel (Gemeses) sagrou-se Campeão Nacional em K1 Veteranos A, enquanto Silvestre Pereira (CN Prado) é Campeão Nacional de C1 Veteranos A.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS