CICLISMO

Pedro Pinto e a Seissa vencem em Penafiel

Pedro Pinto e a Seissa/KTM-Bikeseven/Matias&Araújo/Frulact foram os grandes protagonistas do Prémio de Cidade de Penafiel, quarta prova da Taça de Portugal de Juniores.

O ciclista de Guimarães bateu toda a concorrência, terminando os 98,4 quilómetros, ao fim de 02:40.02 horas, deixando o mais direto perseguidor, João Gomes, da Silva&Silva/ADRAP/Sentir Penafiel, a 10s. Miguel Marques, do Bairrada, foi terceiro classificado.

Kawãh David, da Seissa, cortou a meta no oitavo lugar, gastando mais 1,28m que o seu colega de equipa, enquanto Rúben Rodrigues, ciclista de Guimarães que alinha no Bairrada, foi nono classificado.

Os ciclistas minhotos estiveram, particularmente, ativos nesta prova de Penafiel e no top20 ficaram ainda Tomás Mota (Seissa), que fez 12.º lugar, André Ribeiro (CC Barcelos), que foi 13.º. Diogo Mendes, vimaranense que representa a Academia de Ciclismo de Paredes, cortou a meta no 16.º lugar. Victor Paula, vencedor da prova disputada ontem em Palmeira, fez 19.º lugar.

Por equipas, a Seissa|KTM-Bikeseven|Matias&Araújo|Frulact venceu o Prémio Cidade de Penafiel. Bairrada e Santa Maria da Feira preencheram os restantes lugares do pódio. O CC Barcelos, grande vencedor em Palmeira, terminou hoje na quinta posição.

PEDRO PINTO: “DECIDI ATACAR E TENTAR A MINHA SORTE…CORREU BEM”

Pedro Pinto, Júnior de primeiro ano da Seissa, foi o grande vencedor em Penafiel. No final o ciclista de Guimarães salientou o grande trabalho da equipa…

“Foi uma corrida muito mexida desde o início ao fim. Nos primeiros quilómetros fez-se uma frente de corrida com 25 atletas dos quais eu e dois colegas meus (Tomás Mota e Kawah David) fizemos parte”, começou por afirmar Pedro Pinto, que garante que “durante toda a corrida senti-me bem e a faltar 10 quilómetros decidi atacar com tudo e tentar a minha sorte!”.

Afirmando que “felizmente correu tudo bem”, Pedro Pinto salientou que “por trás desta vitória há um grande trabalha de equipa!”.

Quanto sentiste que podias ganhar a corrida? “Quando ataquei e vi que tinha aberto uma distância confortável!”.

Para Pedro Pinto esta vitória é sinal do bom trabalho que tem feito e, garante, é motivadora… “Uma vitória é sempre uma grande motivação e demonstra que o trabalho que tenho vindo a realizar está a dar frutos! Agora é continuar a trabalhar”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS