CICLISMO

Bruno Lopes (Seissa) motivado para o Prémio de Golães

Bruno Lopes, ciclista de Guimarães que alinha na Seissa|KTM-Bikeseven|Matias&Araújo|Frulact, parte motivado para o Prémio de Ciclismo Freguesia de Golães / Troféu José Martins, segunda prova da Taça de Portugal de Cadetes e que é pontuável para o Campeonato do Minho de Ciclismo de Estrada – Arrecadações da Quintã.

O ciclista do clube barcelense garante que encara “a corrida com normalidade” e salienta que “sei que é uma prova um pouco puxada, mas sinto-me preparado. Tenho treinado bem para as corridas que se avizinham”.

Bruno Lopes é da zona de Guimarães e conhecem parte do percurso da prova de Fafe… “Tendo em conta que o percurso da prova não fica muito longe de minha casa, é uma zona que conheço mais ou menos. Tento sempre treinar pelos diferentes traçados do percurso pois isso possibilita-me um melhor conhecimento do que me espera já este sábado”.

Para Bruno Lopes “os treinos têm corrido muito bem. Durante a semana treino por Guimarães e ao fim de semana, desde que terminou o confinamento, aproveito para ir aos treinos de equipa para poder conviver com os meus colegas e diretores”.

“SINTO QUE ESTOU A MELHORAR, MAS QUERO MELHORAR AINDA MAIS”

O ciclista de Guimarães tem estado muito ativo neste arranque de época e conta já com cinco corridas realizadas, entre a Estrada e o BTT… “Participei em duas corridas em Espanha e três em Portugal. Espero poder correr em todas as corridas do nosso calendário e que não cancelem nenhuma” disse Bruno Lopes, que salientou que “todas as corridas foram diferentes e em todas as corridas tenho um desempenho diferente, mas gostei do meu desempenho em grande parte, sinto que estou a melhorar, mas quero melhorar ainda mais”.

No BTT Bruno Lopes, participou em duas provas – Taça de Portugal de Melgaço e Campeonato do Minho em Guimarães – em BTT, vertente que confessa “gosto muito” e salientou que “tenho participado em todas as provas de BTT que me possibilitam. É uma vertente muito dura e bastante exigente, mas ao mesmo tempo também é divertida. Já faço BTT há alguns anos, mas sei que ainda tenho muito para evoluir”.

NO CICLISMO DESDE 2017

Bruno Lopes iniciou-se no Ciclismo na Escola de Ciclismo Carlos Carvalho, mas desde 2019 que está na Seissa… “Eu entrei para o ciclismo em 2017, comecei na Escola de Ciclismo Carlos Carvalho e estive lá uma época. Na época seguinte corri a título individual com a ajuda do meu pai e o meu tio. Em 2019 ingressei na Seissa e espero estar por muito mais tempo”.

Bruno Lopes é Cadete de segundo ano e garante “tenho alguns objetivos e ambições no Ciclismo. Estou a trabalhar para os poder cumprir. Sei que ainda estou no início, que tenho muito que aprender, mas estou a trabalhar nesse sentido”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS