CICLISMO

Bike House com “balanço super positivo” do 11.º BTT DHI da Penha

A Bike House DH Team/Guimarães foi o grande vencedor do do 11.º BTT DHI da Penha, primeira prova do Campeonato do Minho de BTT Downhill – Cision de 2021, que se realizou ontem na mítica pista vimaranense.

O conjunto liderado por Rui Leal Mesquita, que se apresentou na Montanha da Penha sem Filipe Silva, a recuperar de uma lesão, venceu quatro das 10 provas realizadas e apenas em quatro (as três femininas e em Elites) não foi ao pódio.

A Bike House DH Team/Guimarães deixou no segundo lugar o BTT Pandilhas a Monte, enquanto a formação de Vizela do Desportivo Jorge Antunes foi terceiro.

RUI LEAL MESQUITA: “COMEÇAR A GANHAR NO CAMPEONATO DO MINHO E NA PENHA É SEMPRE BOM”

No final da prova, Rui Leal Mesquita, o responsável da Bike House DH Team/Guimarães não podia estar mais satisfeito…: “O balanço é super positivo” e adiantou: “começar a ganhar no Campeonato do Minho e na Penha é sempre bom. Estamos a correr em casa, numa pista que conhecemos bem, que é difícil e com bastante técnica. Foi uma prova em que ninguém se magoou e em que temos de salientar excelente organização no meio desta situação em que vivemos”.

A Bike House arranca o Campeonato do Minho sem poder contar com um dos seus Elites… “partimos um pouco desfalcados porque o Filipe Silva, que é o Campeão Regional em título, teve um azar. Sofreu uma queda no treino e teve a infelicidade de partir os dois pulsos. Por isso chegamos à Penha um pouco desfalcados, mas mesmo assim acabamos por conquistar o primeiro lugar por equipas. Contamos com o contributo de todos os atletas e todos são importantes para a equipa”.

BIKE HOUSE COM AS CATEGORIAS DE ESCOLAS

Tem sido fácil trabalhar e angariar atletas nesta fase da pandemia? “Esta situação pandemia não é fácil e angariar atletas torna-se ainda mais complicado. Temos vindo a fazer um trabalho árduo, a treinar com os atletas sempre com todos os cuidados, mas mantendo a ligação ao clube e à modalidade. Agora temos estas duas novas categorias das Escolinhas, que era algo por que lutávamos há algum tempo. Com elas conseguimos arranjar uma motivação extra para continuarmos a trabalhar e dar um ar novo à modalidade porque basicamente são eles o futuro”, disse Rui Leal Mesquita.

O responsável da Bike House mostrou-se “muito satisfeito por aquilo que eles mostraram durante a prova. Estou cada vez mais motivado com estas duas categorias. De resto, é um prazer ver miúdos desta idade e já bastantes aptidões. Lembro-me quando corria que eram poucos os miúdos com 10 e 11 anos… os pais não os deixavam correr porque é uma modalidade com bastantes riscos e probabilidades de quedas. Mas hoje os pais incentivam-nos a vir correr e vêm acompanhar os miúdos”.

OBJETIVOS? “QUEREMOS SER CAMPEÕES DO MINHO”

Objetivos para esta época? “Queremos ser Campeões por equipas, obviamente. Quando mais pódios em todas as categorias pudermos conquistar melhor, mas a ‘cereja no topo do bolo’ é sermos Campeões por equipas”, disse Rui Leal Mesquita, que confessa que “Já tinha muitas saudades de correr no Minho. O ano passado não houve provas do Campeonato do Minho. Houve uma prova da Taça de Portugal, no Algarve, e o Campeonato Nacional. O Campeonato do Minho ficou de fora e custou-nos um bocadinho. O Campeonato do Minho realiza-se no nosso ‘quintal’, às portas de casa e dá outra motivação, outra emoção. Já tínhamos muitas saudades”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS