CANOAGEM

Beatriz Lamas: “nada é impossível”

“Temos consciência que será muito complicado, mas nada é impossível”, disse Beatriz Lamas, canoísta do CN Ponte de Lima, que está em Szeged, na Hungria, para disputar a Qualificação Olímpica Europeia.

Beatriz Lamas faz equipa com Inês Penetra (Gemeses) e vai disputar a prova de C2 500. Para se qualificarem para os Jogos Olímpicos de Tóquio a dupla minhota terá de ficar nos dois primeiros lugares na final.

Afirmando que “todos estamos a treinar para o mesmo”, Beatriz Lamas referiu que “a preparação está a correr bem. Desde a seletiva nacional para esta tentamos afinar algumas coisas e continuamos a treinar igual, mas ainda com mais vontade”.

A canoísta do CN Ponte de Lima garante que está tranquila… “só temos prova quinta-feira. Os primeiros treinos aqui correram bem, mas acho que ainda me estou a encontrar e perceber onde estou”, e adiantou que “para já o nervosismo ainda é pouco…se calhar com o aproximar da prova as coisas se alterem e a ansiedade seja maior”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS