CICLISMO

Daniela Pereira: “nos últimos metros arrisquei tudo e arranquei para o Sprint

Daniela Pereira, ciclista de Famalicão que alinha no Clube BTT de Matosinhos, foi a grande vencedora em Elites da primeira prova da Taça de Portugal Feminina Jogos, que se realizou domingo em Arruda dos Vinhos.

A ciclista famalicense percorreu os 70,8 quilómetros em 2h19m00s, cortando a meta destacada em relação a um quarteto que gastou mais dois segundos e em que seguia a vimaranense Ilda Pereira, a envergar as cores do Korpo Activo/Penacova, que fez terceiro lugar.

Daniela Pereira confessa que “eu não me andava a sentir a 100 por cento ultimamente, e mesmo no aquecimento para a corrida, senti que não estava muito bem fisicamente. Também sabia que algumas das minhas adversárias já vinham com ritmo competitivo…depois não conhecia a maior parte do comportamento das colegas de competição”.

Mesmo assim Daniela Pereira não baixou os braços: “tentei ir sempre com o grupo da frente. Só assim podia garantir chegar pelo menos nas 10 primeiras e fui observando. Estive sempre atenta quando é que alguém, nas duas últimas voltas, ia sair e endurecer o ritmo”, mas “isso só aconteceu no último quilómetro após uma longa subida. Como consegui aguentar esse ritmo, nos últimos metros, arrisquei tudo e arranquei para o sprint e correu bem”.

“ESTE RESULTADO DEIXA-ME MOTIVADA”

Afirmando que “esta situação veio reforçar a minha confiança no meu treinador que me prepara para todas as situações de corrida, nomeadamente esta”, Daniela Pereira salientou que “centro muito os objetivos na competição comigo mesma, este resultado deixa-me motivada para continuar a treinar com o mesmo empenho de sempre, e, sobretudo, a confiar mais nas minhas capacidades, que normalmente menosprezo”.

TRÊS MINHOTAS NO TOP10

De salientar que na prova de Elites/Sub-23 participaram mais de 30 atletas e para além de Daniela Pereira, que venceu a primeira prova da Taça de Portugal, e de Ilda Pereira, que fez terceiro lugar, Ana Caramelo, do ATPLINE_União Ciclista de Ponte da Barca, terminou na sexta posição, a seis segundos da famalicense.

Vânia Vilaça e Isabel Jorge, também da formação de Ponte da Barca, fizeram top15, enquanto a vianense Carina Viana, da Academia de Paredes, cortou a meta na 17.ª posição.

Sofia Ramalho (UC Ponte Barca) foi 26.ª e a famalicense Joana Santos, do Clube BTT Matosinhos, cortou a meta no 27.º lugar.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS