BASQUETEBOL

Carlos Fechas: “é uma final e queremos vencer”

O Vitória SC recebe esta quinta-feira, a partir das 16 horas, o Sporting, no terceiro jogo do play-off da Liga Placard de Basquetebol. O conjunto treinado por Carlos Fechas joga o ‘tudo ou nada’ no embate desta quinta…uma vitória permite-lhe continuar a sonhar com a passagem à segunda ronda. A derrota dita o fim da caminhada do Vitória SC no play-off.

“É uma final para nós, uma final que queremos vencer” começou por afirmar Carlos Fechas, que salientou que “temos de confiar em nós próprios e nas nossas capacidades”.

O treinador do Vitória SC salientou que “temos de perceber o que fizemos bem e menos bem nos dois jogos anteriores. Trabalhamos sobre isso durante a semana para que amanhã possamos dar o passo que faltou, essencialmente, no segundo jogo no ‘João Rocha’”.

“ELES SENTEM QUANDO PODEM FAZER MELHOR…”

Questionado sobre se sentiu os jogadores revoltados depois do jogo de sábado, Carlos Fechas salientou que “não diria revolta…eles sentem quando podem fazer melhor e claramente podemos fazer do que dizemos no sábado, nomeadamente, a nível de percentagens de lançamento. Estivemos abaixo do que é habitual, umas vezes por mérito do Sporting, outras por demérito nosso. Tivemos lançamentos abertos e depois não conseguimos concretizar, estivemos mal nesse aspeto” e adiantou: “temos de corrigir isso e a jogar em casa podemos e devemos subir essas percentagens”.

Até porque “vamos jogar no pavilhão que treinamos, temos as referências e isso pode-nos ajudar a desbloquear um pouco a tensão de um jogo de play-off”.

Afirmando que “a equipa não consegue lidar bem com os falhanços e bloqueia”, Carlos Fechas garante que “durante a semana trabalhamos no sentido de levar os atletas a perceberem que podem e são capazes de fazer mais porque têm valor”.

“A PRESSÃO ESTÁ DO LADO DO SPORTING”

De resto, o Vitória SC encara o jogo desta quinta-feira como uma final, mas Carlos Fechas considera que “a pressão está do lado do Sporting, eles é que têm a obrigação de ganhar tudo”.

Claro que “o nosso objetivo é tentar ganhar o próximo jogo e levar a que haja um quarto e um quinto jogo. Queremos continuar vivos neste play-off. Vamos encarar o jogo como uma final, à semelhança do que fizemos nos outros jogos. Temos de confiar em nós próprios e nas nossas capacidades”.

Carlos Fechas salientou que “mais do olhar para o Sporting e pensarmos como o vamos travar, temos de acreditar que somos capazes”, que lembrou que “no segundo jogo no ‘João Rocha’ fomos competitivos, estivemos bem em muitas áreas, faltou uma melhor percentagem de lançamentos. Por isso, temos de acreditar que somos capazes e precisamos de atletas que deem o tal passo em frente…”.

PROGRAMA DE JOGOS

Quinta-feira

16h: Vitória SC – Sporting

20.30h: UD Oliveirense – Benfica

Sexta-feira

18.30h: CAB Madeira – FC Porto

18.30h: Lusitânia – Imortal

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS