BASQUETEBOL

Carlos Fechas: “uma vitória na quinta-feira e eliminatória fica em aberto”

“Esperamos ter um dia diferente na quinta-feira, com outro tipo de percentagens na concretização dos lançamentos para podermos ganhar o jogo. Uma vitória na quinta-feira e a eliminatória fica em aberto”, disse Carlos Fechas, treinador do Vitória SC, equipa que esta tarde perdeu com o Sporting, por 85-67, no segundo jogo do play-off da Liga Placard de Basquetebol.

Tal como aconteceu no primeiro jogo, disputado na quinta-feira, o Vitória SC entrou mal no jogo e permitiu que que o Sporting criasse um fosso no marcador. Carlos Fechas considerou que “acusamos o momento” e adiantou: “este foi um jogo semelhante ao jogo anterior…Até entramos bem defensivamente, mas estivemos muito mal na concretização. Tivemos muitos lances abertos, fáceis, mas não conseguimos concretizar”.

“NÃO FOMOS CAPAZES DE DAR O PASSO EM FRENTE”

Afirmando que “temos uma equipa jovem e temos atletas que precisam de passar mais vezes por estes momentos de decisão para dar o passo em frente”, Carlos Fechas lembrou que depois do quarto inicial “e com o decorrer do jogo a equipa foi-se libertando lentamente de algumas amarras que estávamos a colocar a nós próprios. Começamos a ser mais nós e a não ter medo de errar. Fomos superiores em muitos momentos do jogo e ganhamos dois quartos, colocamos o jogo a quatro pontos e tivemos posses de bola para passar para a frente do marcador”, mas “nesse momento, mais uma vez, não fomos capazes de dar o passo em frente”.

Apesar da derrota, Carlos Fechas considera que “a equipa teve grande reação, uma grande atitude. Fomos ‘conquistadores’. Faltou um pouco de tranquilidade e assertividade para dar o passo em frente e marcar as bolas que tivemos e não falhar esses lances abertos”.

TERCEIRO JOGO MARCADO PARA QUINTA-FEIRA

O Vitória SC recebe o Sporting na quinta-feira e Carlos Fechas considera que não há muito a mudar… “neste momento, o nível de Basquetebol é alto, fizemos alguns ajustes do primeiro para este segundo jogo, que funcionaram. Agora o trabalho terá de ser mais de ordem mental. Dar confiança aos atletas para acreditarem no potencial que têm e que é muito. Nós ainda tempos a oportunidade de mostrar o nosso valor em nossa casa. Este ano não fomos felizes nos jogos no Pavilhão João Rocha, encontramos sempre muitas dificuldades para concretizar e não só por mérito do Sporting…em nossa casa as coisas têm sido diferentes. Quinta-feira vamos tentar relançar a eliminatória”.

Comentários

Artigos relacionados

Ver também
Fechar
Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS