NATAÇÃO

Tamila Holub, Rafael Simões e Ana Rodrigues conquistam vitórias

Tamila Holub e Rafael Simões, do SC Braga, e Ana Rodrigues, da ED Viana, estiveram em destaque na sessão da manhã do Open de Natação “Coimbra – Rumo a Tóquio 2021”, que decorre no Complexo Olímpico de Piscinas.

Tamila Holub venceu a prova dos 800m Livres, com a marca de 8:42.39m, tempo que lhe permitiu confirmar os mínimos para o Campeonato da Europa de Piscina Longa.

Na segunda posição ficou Diana Durães, nadadora de Fafe que alinha no Benfica, e que também ele confirmou os mínimos para o CEPL. Daniela Lopes (GDN Famalicão) foi oitava e Carolina Peixoto (SCB) foi 12.º.

Rafael Simões venceu a prova dos 200m Bruços, fazendo a marca de 2:16.78m, e deixando o segundo classificado a cerca de dois segundos.

Ana Rodrigues, da ED Viana, venceu a prova dos 50m Bruços, com o tempo de 31.49s, ficando a uma décima do recorde nacional.

A nadadora do clube de Viana do Castelo, que ocupa a segunda posição Tabela por Pontos, vai disputar esta tarde, os 50m Livres e os 100m Bruços.

João Nogueira Costa, do Vitória SC, terminou em segundo a prova dos 200m Costas, com o tempo de 2:01.20m. O nadador do Vitória SC disputa esta tarde os 100m Costas.

A sessão da tarde começa às 16.30 horas e logo com os 800m Livres, em que participa José Paulo Lopes, nadador do SC Braga que continua a trabalhar para atingir os mínimos para os Jogos Olímpicos de Tóquio.

RESULTADOS

800m Livres: 1.º Tamila Holub (SC Braga); 2.º Diana Durães (Benfica); 8.º Daniela Lopes (GDN Famalicão).

400m Livres: 4.º Tomás Lopes (Vitória SC)

50m Bruços: 1.º Ana Rodrigues (EDViana)

200m Bruços: 1.º Rafael Simões (SCB).

200m Costas: 2.º João Nogueira Costa (Vitória SC).

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS