BASQUETEBOL

Vitória SC: “estamos preparados para lutar pela vitória”

O Vitória SC recebe esta quinta-feira, pelas 18 horas, o CAB Madeira SAD, em jogo da 23.ª jornada da Liga Placard de Basquetebol.

Frente a frente vão estar duas equipas que lutam pelo apuramento para o play-off. Vencendo o Vitória SC, que é sétimo classificado, aumenta a vantagem para o seu adversário, que ocupa o oitavo lugar e ganha uma certa margem de manobra na renhida luta pelo apuramento para os play-offs.

Carlos Fechas, treinador do Vitória SC, referiu que “é um jogo difícil, vamos ter pela frente um adversário que luta connosco pelo sétimo lugar e pelos lugares que dão acesso ao play-off. Esta é uma luta que inclui ainda várias equipas e que vai ser renhida até ao final” e adiantou que “ganhando o jogo ficamos uma certa vantagem nessa luta e dá-nos algum conforto para encarar o resto do campeonato com um pouco mais tranquilidade”.

O treinador do Vitória SC garante que “nós estamos preparados para o jogo e com muita vontade de entrarem campo e dar continuidade às últimas vitórias…e queremos ganhar ao CAB Madeira”.

LITOS CARDOSO É PEÇA IMPORTANTE

Para este jogo, tal como já aconteceu frente ao Galitos e ao Maia Basket, Carlos Fechas pode contar com Litos Cardoso “o que é muito importante para nós. Ele ainda está a melhorar a sua forma física e a recuperar da lesão, ainda não está a 100 por cento, mas tem sido uma peça muito importante para nós e contamos que nos vai ajudar também neste jogo”.

Sobre o CAB Madeira, Carlos Fechas referiu que “é uma equipa muito bem organizada, que alterou a sua equipa nesta fase e é agora uma equipa bem diferente daquilo que era na primeira volta. Foi buscar jogadores que lhes deram qualidade e passou a ter mais opções. É uma equipa que gosta de acelerar o jogo, de controlar os tempos e tem marcado muito pontos, o que é um fator a ter em conta. Se nós conseguirmos defensivamente conter um pouco dessa qualidade do CAB, podemos ter sucesso no jogo e vencer o jogo”.

“TODOS OS JOGOS SÃO EXIGENTES”

O Vitória SC recebe o CAB Madeira esta quinta-feira e joga domingo em Albufeira frente ao Imortal, uma equipa bastante complicada. Mas Carlos Fechas salienta que “todos os jogos são exigentes, estamos numa Liga muito equilibrada, em que todas as equipas procuram as melhores posições. Uma boa parte dos clubes trocaram de jogadores e melhoraram os seus planteis. É um grande desafio ganhar seja a quem for, mas já estamos habituados a isso e frente ao Imortal é mais um jogo e que temos de nos preparar para ir atrás da vitória”.

Um dos problemas do Vitória SC prende-se com a inconsistência da equipa, principalmente, nos períodos finais… “nos últimos jogos já não aconteceu isso. No Maia os atletas ainda baixaram um pouco a intensidade, mas frente ao Galitos, mesmo a ganhar por uma grande vantagem, conseguira manter a intensidade e a consistência. Penso que essa é uma questão que está ultrapassada”.

“A EQUIPA ESTÁ A EVOLUIR, A MELHORAR E VAMOS ACABAR MUITO FORTES ESTA FASE”

Afirmando que “a equipa sabe o que tem de fazer”, Carlos Fechas salientou que “temos trabalhado bem e sabemos que estamos melhores hoje do que eramos há uns jogos atrás. A equipa está a evoluir, a melhorar e estou certo que vamos acabar muito fortes esta fase regular e conseguir o apuramento para os play-offs. Depois temos de estar preparados para jogar contra quem for e lutar sempre pela vitória”.

O treinador do Vitória SC considera que “estes jogos são fundamentais para mostrarmos que estamos melhores e mais fortes, que somos uma equipa a ter em conta e é isso que vamos fazer já amanhã frente ao CAB Madeira, mostrar a nossa qualidade e evolução”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS