BASQUETEBOL

Vitória SC escorrega em Vagos

O Vitória SC saiu derrotado da sua deslocação ao recinto da AD Vagos, por 71-67,em jogo da 20.ª jornada da Liga Shoiy de Basquetebol.

O jogo foi sempre muito disputado, com a equipa da casa a mostrar-se inspirada e a conseguir manter-se, quase sempre, na frente do marcador.

O primeiro período começou mal para o conjunto treinado por Rui Costa, que permitiu à AD Vagos adiantar-se no marcador. No entanto, o Vitória SC conseguiu equilibrar a partida, perdendo por 14-13.

O segundo quarto manteve a toada, mas o Vitória SC não esteve hoje tão bem ofensivamente e defensivamente como é habitual e permitiu que a AD Vagos vencesse por 18-15, chegando ao intervalo na frente do marcador 32-28.

O intervalo serviu para Rui Costa corrigir alguns aspetos e o Vitória SC entrou mais forte no terceiro período, vencendo por 17-19.

O quarto período foi muito disputado. O Vitória SC chegou a assumir o marcador e a escassos segundos do final da partida registava-se um 67-67.

Mas hoje o dia era da AD Vagos, que esteve sempre mais esclarecida e certeira. Venceu o quarto por 22-20 e o jogo por 71-67.

Esta é a primeira derrota do ano (2021) para o Vitória SC, que já não perdia desde oito de dezembro (perdeu então com o Benfica).

Com este resultado o Vitória SC ocupa a terceira posição do campeonato, com 32 pontos em 18 jogos.

O Vitória SC vai agora preparar-se para a ‘Final Four’ da Taça de Portugal, que se realiza no próximo fim de semana em Lisboa.

 

RESULTADOS

GDESSA Barreiro – CAB Madeira, 96-89

Benfica – CPN, 102-39

AD Vagos – Vitória SC, 71-67

PROGRAMA JOGOS

Domingo

11h: Olivais – Galitos

14.15h: GDESSA Barreiro – Guifões

14.30h: União Sportiva – Quinta dos Lombos

15h: Benfica – CAB Madeira

15.30h: Queluz AD Vagos

Fotos: FPB

Comentários

Artigos relacionados

Ver também
Fechar
Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS